Página Inicial Especialidades Dentística e Estética Soluções odontológicas 3M: Tire suas dúvidas sobre cimentos, adesivos e resinas
Dentística e Estética

Soluções odontológicas 3M: Tire suas dúvidas sobre cimentos, adesivos e resinas

Com os produtos 3M cada vez mais presentes nos consultórios odontológicos, é comum que todos os tipos de dúvidas apareçam: Qual a diferença entre os cimentos? Preciso guardar o adesivo na geladeira? Qual a melhor resina para dentes clareados?


Por isso, com base em uma MasterClass ministrada por especialistas clínicas da 3M, reunimos neste artigo as dúvidas mais recorrentes em relação a resinas, cimentos e adesivos da marca.

A seguir, além das principais indicações dos produtos, você vai conferir dicas para otimizar a sua prática odontológica e entregar resultados altamente estéticos!

Qual a diferença entre os adesivos Single Bond Universal e Scotchbond™ Universal Plus?

Após seu lançamento em 2022, muitos dentistas têm questionado a diferença entre o adesivo Scotchbond™ Universal Plus e o Single Bond Universal.

É importante salientar que fora do Brasil, o adesivo Single Bond Universal leva o nome de Scotchbond™ Universal.

Logo, podemos considerar Scotchbond™ Universal Plus como a evolução do adesivo original, pois preserva as características do Single Bond Universal e agrega ainda mais vantagens aos tratamentos estéticos.

De acordo com a 3M, Scotchbond™ Universal Plus está 5 passos à frente do original, pois apresenta os seguintes benefícios:

  1. Silanos otimizados – oferece maior resistência de união a todos os substratos dentais, incluindo cerâmicas vítreas;
  2. Radiopacidade acrescida – primeiro adesivo universal radiopaco, facilitando a interpretação de exames radiográficos para um diagnóstico mais preciso;
  3. Minimamente invasivo – permite a união e selamento de dentina afetada por cáries;
  4. Integralmente compatível – com autopolimerização e polimerização dual;
  5. BPA Free – livre de derivados de bisfenol A, que podem ser danosas à saúde do paciente.

O que fazer em caso de sensibilidade pós-operatória?

A sensibilidade pós-operatória muitas vezes pode estar relacionada à técnica adesiva empregada pelo cirurgião-dentista, principalmente quando se realiza condicionamento ácido em esmalte e em dentina.

Diante disso, uma forma de inibir a sensibilidade relatada pelos pacientes, é migrar do sistema tradicional para um sistema universal, onde não há necessidade de condicionar a dentina com ácido fosfórico.

Neste caso, deve-se escolher a técnica do condicionamento ácido seletivo, aplicando ácido fosfórico em esmalte.

Já na dentina, trabalha-se 100% na técnica autocondicionante, ou com o Adesivo 3M™ Single Bond Universal ou com Scotchbond™ Universal Plus.

É necessário guardar o adesivo na geladeira?

De modo geral, recomenda-se manter o adesivo em temperatura ambiente, desde que a temperatura seja de até 25 graus.

Contudo, existem regiões do Brasil com temperaturas muito altas. Nestes locais, pode-se manter o adesivo sob refrigeração – em geladeira, frigobar etc., e retirá-lo cerca de 20-30 minutos antes do procedimento para que ele volte à temperatura ambiente.

Qual a diferença de RelyX™ U200 para os outros cimentos?

RelyX™ U200 não é um cimento de adesão convencional, e sim um autoadesivo.

Após ser aplicado, o material se liga à estrutura dental, por meio de uma ligação iônica com o cálcio, dispensando o uso de ácido e adesivo no substrato dental.

Nesse sentido, é preciso apenas realizar o tratamento da peça ou da restauração indireta de acordo com a recomendação do fabricante.

Para trazer mais praticidade ao dentista, o cimento 3M™ RelyX™ U200 está disponível em duas apresentações: Clicker™ e Seringa Automix, sendo que essa última facilita a inserção do material na cavidade.

Outro diferencial de 3M™ RelyX™ U200, quando comparado aos demais cimentos autoadesivos disponíveis no mercado, é a sua capacidade de neutralizar a acidez.

O produto conta com uma tecnologia de neutralização que, após 24 horas de cimentação, o torna mais inerte ao meio bucal, garantindo longevidade clínica.

RelyX™ U200 é um bom cimento para facetas?

Assim como os demais cimentos resinosos autoadesivos disponíveis no mercado, 3M™ RelyX™ U200 não é indicado para cimentação de facetas.

Isso porque ele exige que a cavidade seja retentiva, e o preparo de facetas é pouco retentivo, pelo contrário, é mais expulsivo.

Além disso, RelyX™ U200 não possui muitas opções de cores, e quando trabalhamos com lentes de contato, facetas com peças superfinas etc., a cor do cimento é muito importante para o resultado estético final.

RelyX™ Universal é uma evolução do RelyX™ Ultimate?

RelyX™ Universal não é uma evolução de RelyX™ Ultimate. Na verdade, ele é um cimento que reuni características do RelyX™ Ultimate e do RelyX™ U200, unindo dois cimentos em um único produto.

Pode ser usado tanto como um cimento autoadesivo autônomo quanto em conjunto com o Adesivo 3M™ Scotchbond™ Universal Plus.

Na prática, se temos um preparo mais retentivo, com bastante estrutura dental, no qual utilizaríamos o RelyX™ U200, podemos substituí-lo pelo RelyX™ Universal e dispensar o uso de um adesivo.

Já em casos de facetas, em preparos mais expulsivos, em que precisamos de uma força de adesão maior, podemos utilizar o RelyX™ Universal combinado com o adesivo 3M™ Scotchbond™ Universal Plus, aumentando a resistência de união.

A utilização do cimento universal da 3M dá mais autonomia ao profissional, que pode escolher se deseja trabalhar com a técnica autoadesiva ou a técnica convencional.

Qual o cimento indicado para facetas em substratos escurecidos?

Corrigir uma cor errada de uma peça protética com cimento pode ser um grande desafio. Em um cenário ideal, a peça já vem pronta do laboratório de prótese, com a cor mais próxima possível do dente natural.

No entanto, em casos em que temos um substrato escurecido e a peça não consegue opacificar todo o substrato, precisamos de opções de cores para mascarar essa diferença.

Pensando nisso, a 3M possui em seu portfólio a linha de cimentos 3M™ RelyX™ Venner, que no Brasil conta com cinco opções de cores: A3 Opaco, A1, TR, B 0.5 e WO.

Dentre as cores de RelyX™ Venner, disponíveis, as mais indicadas para mascaramento substrato escurecido são a WO, branco opaco que bloqueia a passagem de luz, e B 0.5 (B-meio).

Para descobrir a cor ideal para mascarar o seu substrato, indica-se utilizar pastas de prova, as famosas pastas Try-in.

Elas são produtos à base de glicerina totalmente laváveis que podem ser testadas para saber se a cor do cimento escolhido, após ser fotoativado, trará o resultado estético planejado para o caso.

As pastas de provas Try-in podem ser adquiridas de forma avulsa ou nos kits de cimento RelyX™ Venner.

Qual a diferença entre Filtek™ Z350 XT e Filtek™ Universal?

A 3M™ Filtek™ Z350 XT é uma resina 100% nanoparticulada altamente estética que apresenta um sistema completo de cores.

O produto conta com 30 opções de cores e 4 opacidades, sendo elas: dentina, corpo, esmalte e translúcido. A resina de dentina é opaca e bloqueia a passagem de luz. A resina de corpo apresenta opacidade intermediária.

A opacidade de esmalte possui certa translucidez, pois permite a passagem de luz. Já as resinas totalmente translúcidas do sistema Z350 são as chamadas cores de efeito.

As resinas da linha Filtek™ Z350 XT podem ser usadas em todos os tipos de restaurações – anteriores e posteriores.

Também são ideais para casos que exigem uma estratificação completa, permitindo o restabelecimento de detalhes anatômicos com excelência.

E a 3M™ Filtek™ Universal?

Após uma série de pesquisas, a 3M identificou que profissionais de odontologia do mundo inteiro têm uma tendência a simplificar o processo de restauração.

E que a maioria deles possui de seis a sete cores no consultório que resolvem a maior parte de seus casos.

Pensando nisso, a 3M trouxe para o seu portfólio a 3M™ Filtek™ Universal, uma resina de sistema simplificado que atende a maioria das restaurações em consultório.

Assim como a Filtek™ Z350, a Filtek™ Universal também é indicada para restaurações em dentes anteriores e posteriores.

Contudo, esse restaurador possui uma única opacidade e apenas oito cores – que correspondem a todos as cores da escala VITA Clássica.

Além disso, apresenta 2 cores especiais, Pink Opaquer (PO) para mascarar substratos escurecidos e Extra White (XW), indicada para dentes clareados.

Fabricada com Nanotecnologia 3M™, o material restaurador está disponível em duas apresentações: seringa e cápsula.

A versão em capsulas permite realizar restaurações de forma mais simples, rápida e ergonômica, sem perder a qualidade, e a aplicação é feita por meio de dispensador, contribuindo para a biossegurança em consultório.

Quais as opções de resina composta 3M para dentes clareados?

Tanto o sistema Filtek™ Z350 quanto o Filtek™ Universal possuem resinas para dentes clareados.

O sistema Filtek™ Z350, por exemplo, conta com 30 opções de cores. Dentre elas estão as resinas da série W: WD, WB e WE, que correspondem à dentina, corpo e esmalte para dentes clareados.

Além disso, há também duas cores Extras Whitening, a XWB (Corpo extra clareado) e a XWE (Esmalte Extra Clareado).

A escolha do material varia de acordo com a técnica que será realizada pelo profissional.

Saiba mais em:

A 3M indica aquecer as resinas compostas?

Sim! Hoje, existem técnicas restauradoras que orientam o aquecimento de resinas compostas.

Por isso, algumas resinas da 3M podem sim ser aquecidas, de acordo com a indicação em bula e desde que possuam finalidade restauradora.

São elas:

  • Resinas fluidas da 3M: Filtek™ Bulk Fill Flow (resina Bulk na versão fluida) e Filtek™ Supreme Flowable;
  • Resinas em capsulas da 3M: Filtek™ One e Filtek™ Universal.

Vale salientar que as resinas devem ser aquecidas somente com equipamentos próprios para essa finalidade, como aquecedores de resina. Portanto, jamais utilize aparelho de micro-ondas ou banho maria.

Além disso, a 3M não indica o aquecimento da resina para finalidade de cimentação. Para esse tipo de procedimento, confira a linha completa de cimentos na Superloja 3M da Dental Speed.

Quais são os benefícios de aquecer a resina?

Quando trabalhos com uma resina fluida, para que ela apresente essa viscosidade, geralmente será composta por uma quantidade menor de partículas de carga.

Quando aquecemos uma resina composta convencional, como é o caso da Filtek™ One, nós mantemos o alto conteúdo de carga dela, mas a tornamos mais fluida.

Ou seja, alteramos sua viscosidade sem modificar a composição do material restaurador.

Dentre os benefícios do aquecimento de resinas estão a facilidade em manusear o material e melhor adaptação à superfície dentária.

As versões em cápsulas, por exemplo, trazem ainda mais praticidade aos procedimentos restauradores, facilitando a inserção na cavidade devido à pressão do dispensador.

Resinas-3M

Qual produto substitui a antiga resina P60 para dentes posteriores?

Hoje, as resinas do tipo bulk são as opções mais indicadas para restaurações em dentes posteriores, sendo uma alternativa à antiga resina P60 da 3M.

Esse tipo de material restaurador foi desenvolvido para facilitar o trabalho do dentista, permitindo a inserção de incrementos maiores em uma única aplicação.

Dentre os modelos de resina bulk da 3M podemos destacar a resina Filtek™ Bulk Fill flow, com consistência mais fluida, e a resina convencional Filtek™ One, disponível nas versões seringa e cápsula.

Agora que já respondemos as principais dúvidas sobre cimentos, adesivos e resinas da 3M, chegou a hora de levar essas soluções para o seu consultório e obter resultados altamente estéticos e longevos em suas restaurações.

Acesse o site da Dental Speed e confira a linha completa de produtos odontológicos da 3M. Faça o seu pedido e garanta as melhores ofertas, condições especiais de pagamento e brindes incríveis!

Leia também:

Publicado por
Gabrielli Nery Wandscheer

Formada em Administração pela Estácio, especialista em Marketing e redação técnica na área odontológica.

Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados

Dentística e Estética

Cimento de Ionômero de Vidro: Parceiro do Dentista

Se há um material versátil dentro do consultório odontológico é o cimento...

Sulco Pigmentado, devo restaurar ou não?
Artigos mais lidosDentística e Estética

Sulco Pigmentado é possível restaurar ou não?

Nem toda mancha no dente é cárie e, por isso, nem todas...

Está na hora de mudar de resina?
Dentística e EstéticaOrtodontia

Está na hora de mudar de resina?

Produto essencial na rotina dos consultórios, a resina faz toda a diferença...

Solverwp- WordPress Theme and Plugin