Dicas para escolher a medicação intracanal

Endodontia

Saiba como escolher a medicação intracanal

A tecnologia na endodontia permite que muitos casos clínicos sejam instrumentados e obturados em sessão única. Porém, em alguns casos clínicos, devido à possibilidade de reinfecção, não é possível realizar o tratamento endodôntico em sessão única. 

Nesses casos a medicação intracanal é utilizada para combater os microrganismos ainda presentes após o preparo químico – cirúrgico ou para modular a reação inflamatória após o preparo do conduto. 

Devido à importância da utilização dos curativos de demora entre as sessões endodônticas, é importante que o profissional conheça as características físico – químicas das medicações intracanal para escolher em quais situações utilizar para que haja sucesso no resultado final. 

Saiba como escolher a medicação intracanal adequada para cada caso clínico em endodontia. 

Quando usar a medicação intracanal (MIC)?  

A eliminação de microorganismos no interior do canal radicular é uma preocupação constante na endodontia. Para escolher a medicação mais indicada para cada caso, é necessário diagnosticar corretamente a condição do tecido pulpar. 

ebook sobre guia pratico de anestésicos para dentistas

MIC é indicada para: 

  • modular a reação inflamatória; 
  • manutenção da cadeia asséptica; 
  • diminuição de dor; 
  • preservação do coto pulpar; 
  • apicificação; 
  • reabsorções radiculares; 
  • perfurações; 
  • exsudamos persistentes 

 A ação da medicação em endodontia está relacionada à: 

  • veículo (aquoso, oleoso ou viscoso); 
  • concentração; 
  • tensão superficial; 
  • duração entre as sessões.

Os veículos hidrossolúveis aquosos são: 

  • água destilada; 
  • solução fisiológica; 
  • solução anestésica.

Os veículos hidrossolúveis viscosos são: 

  • glicerina; 
  • propilenoglicol; 
  • polietilenoglicol; 

Os veículos lipossolúveis são: 

  • cânfora; 
  • silicone. 

As medicações são indicadas para pulpites reversíveis, irreversíveis e para casos de necrose pulpar.  As medicações são indicadas para pulpites reversíveis, irreversíveis e para casos de necrose pulpar. 


Na pulpite reversível é quando a polpa está em uma etapa que se remover o agente irritante, existe chances de recuperação. Nestes casos são indicados mapeamentos diretos e indiretos. Este é um tratamento conservador. 
 
Se a inflamação  pulpar continuar após o tratamento conservador, é porque ocorreu a ação mediadores químicos, estimulando a continuidade da inflamação. A polpa dental continua viva, mas agora o quadro é de uma pulpite irreversível. Neste caso é indicado a biopulpectomia. 
 
Em casos de biopulpectomia, o ideal é o tratamento em sessão única. Contudo, se não houver tempo hábil devido à anatomia do conduto ou outros fatores, é necessário a utilização da MIC. 
 
Em casos de necrose pulpar, é necessário a remoção do conteúdo necrosado. Este procedimento é chamado de necropulpectomia. 
 
Na necrose pulpar ocorre a irritação nos tecidos perirradiculares, ativando neutrófilos e macrófagos para proteger o tecido periodontal. 
 
Os neutrófilos e macrófagos produzem osteoclastos para proteger o tecido dos subprodutos bacterianos. Os osteoclastos causam reabsorção óssea gerando a lesão periapical. 
 
O objetivo da MIC neste caso é ter ação antibiótica para cessar a produção de osteoclastos e promover a reparação óssea. 
 
Para introduzir a MIC é necessário a secagem prévia do canal através de cânulas de aspiração e cones de papéis estéreis. 
 
Após a introdução da MIC é necessário realizar a obturação provisória para dar continuidade ao tratamento na próxima sessão endodôntica. 

Dentsply

Qual a medicação intracanal indicada para polpa viva? 

Na biopulpectomia é necessário a manutenção da cadeia asséptica e preservação da vitalidade do coto pulpar usando substâncias biocompatíveis. 
 
Sendo assim, o objetivo da medicação é diminuir a formação de edema, inibir a dor através de ação antiinflamatória e antibiótica e bloquear o aumento da permeabilidade vascular. 
 
Separamos os casos clínicos mais comuns e as medicações indicadas: 

1. Biopulpectomia/ Pulpite irreversível (preparo incompleto): 

  • NDP 
  • Corticosteróide/ Antibiótico (Octosporin/ Decadron Colírio) 
     

2. Biopulpectomia/ Pulpite irreversível (preparo completo): 

  • Pasta de Hidróxido de cálcio PA + solução salina fisiológica 
  • Hidróxido de cálcio ultracal 
  • Hidróxido de cálcio PA + propilenoglicol 

3. Pulpite Reversível:

  • Hidróxido de Calcio PA 
  • Cimento de Hidróxido de Cálcio 
  • Materiais Biocerâmicos: 

Lista de materiais:

  1. Biodentine; 
  2. MTA; 
  3. MTA Repair HP; 
  4. Bio – C Repair; 

Qual a medicação intracanal indicada para polpa morta? 

Na necropulpectomia é necessário reduzir o número de microorganismos aeróbios e anaeróbios, diminuir a proliferação de microorganismos nos túbulos dentinários para diminuir a infecção na região apical e periapical. 

Logo, separamos os casos clínicos mais comuns e as medicações indicadas: 

1. Necropulpectomia com ou sem lesão (preparo completo) 

  • Hidróxido de cálcio;  
  • PRP.   

2. Necropulpectomia com ou sem lesão (preparo incompleto) 

  • Tricresol formalina.

Lembrando que algumas escolas de endodontia utilizam hipoclorito, clorexidina e iodofórmio como medicação intracanal. 
 
Além disso, algumas linhas de tratatamento endodôntico indicam as seguintes associações com Hidróxido de Cálcio P.A.: 

  • PMCC + Propilenoglicol + Hidróxido de cálcio PA
  • Clorexidina + Hidróxido de Cálcio PA
  • Iodofórmio + Hidróxido de Cálcio PA

Conclusão

Por fim, o objetivo deste artigo foi sugerir diferentes tipos de medicação intracanal e especificar quais medicamentos são mais usados nos casos de biopulpectomia e necropulpectomia, enfatizando o uso do hidróxido de cálcio como principal medicação para ambos os casos.  

A medicação intracanal  em endodontia é usada basicamente para fazer a limpeza e a desinfecção dos sistemas de canais radiculares entre as sessões endodônticas evitando a proliferação de microrganismos no interior do conduto raducular. 

Neste post compilamos as medicações mais utilizadas, mas a escolha da medicação é individual de cada profissional. 

Aqui na Dental Speed você encontra uma linha completa de produtos para endodontia, incluindo medicação intracanal. 

Dúvidas sobre o assunto? Escreva nos comentários! 

Conteúdo relacionado

Diagnóstico em Endodontia como fazer?

Diagnóstico em Endodontia como fazer?

Endodontia
O diagnóstico irá conduzir a forma de tratamento mais adequada para cada dente. No entanto, como saber se um dente necessita de Endodontia? Veja mais!