Quando indicar aparelho autoligado para os pacientes?

Ortodontia

Indicar o aparelho autoligado

Caso o paciente procure seu consultório em busca de um tratamento com aparelho ortodôntico fixo mais rápido e com um maior espaço entre as consultas, o aparelho autoligado é uma excelente alternativa, além de estar disponível nas versões metálica e estética. 

A manutenção ortodôntica pode ser feita em prazos maiores que 30 dias, o que gera economia de tempo aos pacientes. 

O modelo autoligado apresenta clipes no braquete, não havendo a necessidade do uso de elástico para prender o fio no aparelho. Foi descrito pela primeira vez em 1935, por Russel. Essa característica permite que a manutenção ortodôntica seja mais rápida, reduzindo o tempo de atendimento.  

Além disso, a troca dos arcos é realizada em um maior espaço de tempo e com uma sequência reduzida de fios em relação ao aparelho ortodôntico fixo convencional. 

encontre seu fotopolimerizador perfeito para seu consultorio na dental speed

Sobre o tratamento ortodôntico

O sucesso do tratamento ortodôntico com o aparelho fixo autoligado depende dos seguintes fatores: 

  • um bom diagnóstico; 
  • planejamento biomecânico; 
  • manejo dos torques; 
  • conhecimento da relação bráquete x arcos 

O bráquete autoligado pode ser ativo ou passivo. A diferença está na forma como o fio é preso ao aparelho.  

Conheça as diferenças de bráquete

  • Bráquete autoligado ativo: o clipe que adentra no slot, diminuindo sua luz e assim pressionando o arco espesso no fundo da canaleta;  
  • Bráquete autoligado passivo: mantêm a integridade do slot, permitindo maior liberdade do arco no interior do mesmo. 

Quer saber mais sobre a diferença entre eles? Assista ao vídeo!


Qual a diferença do aparelho ortodôntico autoligado e do aparelho ortodôntico convencional? 

O aparelho autoligado oferece o mesmo resultado final (oclusão e estética) que o aparelho ortodôntico convencional, mas apresenta características específicas que oferece vantagens em relação ao tratamento convencional.

O bráquete autoligado pode ser confeccionado em material metálico, de porcelana ou plástico — policarbonato.  As principais características são: 

  • sem necessidade de ligadura elástica para prender o fio ao bráquete; 
  • bráquete de tamanho reduzido;  sem necessidade de ligadura elástica para prender o fio ao bráquete; 
  • fio teromativado: permite um maior intervalo entre as consultas; 
  • tempo de tratamento reduzido.

Quais as vantagens do aparelho autoligado?

O aparelho autoligado estético e o aparelho autoligado metálico apresentam as mesmas vantagens em relação à higiene e mecânica ortodôntica. 
 
O aparelho ortodôntico autoligado apresenta  bráquetes com tamanho menor e clipes que permitem que o fio passe direto dentro das canaletas, ficando preso pela tampa do bráquete. Desta forma, dispensa o uso de elásticos, diminuindo o acúmulo de biofilme bacteriano. 
 
Como existe um atrito menor entre as estruturas do aparelho e um controle maior da forca aplicada, os danos à gengiva, osso e ligamento periodontal são menores, resultando em um maior conforto para o paciente. 
 
O tempo de atendimento clínico e do tratamento ortodôntico também é otimizado, devido as características do bráquete ortodôntico autoligado, que permite um baixo atrito entre bráquete e fio, permitindo um maior deslizamento e facilitando a movimentação dentária. 

As principais vantagens do aparelho ortodôntico autoligável são:

Higiene 

Como o tamanho do bráquete é menor e também dispensa o uso de ligaduras elástica, há um menor acúmulo de biofilme. Além disso, o volume reduzido do aparelho facilita a escovação, diminuindo os riscos de doenças periodontais 

Conforto ao paciente 

Como não há necessidade de elásticos para prender o fio, há uma diminuição das forças aplicadas no dente e tecido periodontal, reduzindo a sensibilidade dolorosa entre as consultas. 

Outra vantagem do tamanho reduzido e ausência de elásticos é a redução de feridas no lábio do paciente. 

Menor tempo de tratamento 

O tempo de atendimento clinico é menor, pois o fio é preso direto no aparelho. 

Como o bráquete permite um maior deslizamento do fio, ocorre uma maior velocidade da movimentação dentária, reduzindo o tempo do tratamento ortodôntico. 

Devido à características do aparelho, há um maior controle da movimentação dentária, reduzindo o tempo de tratamento 

Redução da necessidade de extração dentária 

Devido à possibilidade maior de expansão da arcada dentária, o aparelho autoligado reduz a  necessidade de realizar de extrações, porque promove uma área maior para a movimentação dentária. 

Logo, é  importante frisar que a necessidade ou não de extração envolve diversos fatores, e não somente o tipo de aparelho. 

Estética 

Por ter uma dimensão menor e não precisar de ligaduras elásticas para prender o fio, o aparelho apresenta um resultado estético mais discreto, mesmo que o paciente opte pela versão metálica. 

Relação Custo x Benefício 

O custo do aparelho autoligado está relacionado ao material do bráquete, além do modelo do bráquete em relação ao convencional. 

Nesse sentido, costumam ter um preço maior que o aparelho ortodôntico fixo comum, mas a redução do tempo de atendimento clínico e todas as demais vantagens citadas, tornam o aparelho autoligável bem atraente aos olhos do paciente. 

Separamos as principais perguntas que os pacientes tem durante o tratamento odontológico:

Conclusão

O bráquete autoligado é visto como um diferencial para o Ortodontista que procura oferecer um tratamento com resultados efetivos, no menor tempo possível, com um número reduzido de consultas e oferecendo um tratamento com um menor incômodo/dor que o parelho ortodôntico convencional. 

O aparelho autoligado, associado à fios termoativados, permite um força leve, contínua e de baixo atrito, resultando em excelentes resultados ortodônticos em um menor período de tratamento. 

Aqui na Dental Speed temos uma grande variedade de bráquetes autorizados e uma linha completa de produtos para Ortodontia. Confira!

Você tem alguma dúvida sobre aparelho autoligado? Escreva para nós nos comentários !

Conteúdo relacionado

Passo a passo de uma moldagem em Ortodontia

Passo a passo de uma moldagem em Ortodontia

Ortodontia
A moldagem é um procedimento muito comum nos consultórios e a confecção do modelo ortodôntico é um dos elementos fundamentais para um bom diagnóstico e correto plano de tratamento. Apesar de parecer simples, existem detalhes que fazem toda a diferença.
12 dicas de instalação do Aparelho Ortodôntico

12 dicas de instalação do Aparelho Ortodôntico

Ortodontia
Olá colegas leitores! Conforme salientamos na ultima matéria, abordarei aqui os itens que julgo essenciais para se aplicar com qualidade e excelência em cada etapa da instalação do aparelho ortodôntico.
Aparelho metálico ou estético, qual indicar?

Aparelho metálico ou estético, qual indicar?

Ortodontia
Quem atua com ortodontia provavelmente ouve com frequência o questionamento dos pacientes sobre a possibilidade de utilizarem, em seus respectivos casos, algum tipo de aparelho estético, ao invés do tradicional metálico.