Página Inicial Gestão e Marketing Unindo forças: A parceria essencial entre TPD e Dentista
Gestão e MarketingLaboratório

Unindo forças: A parceria essencial entre TPD e Dentista

Diante de um mercado odontológico cada vez mais competitivo, dentistas e técnicos em prótese dentária (TPD) precisam unir forças para garantir os melhores resultados em reabilitações protéticas e alavancar o sucesso de seus negócios.

Contudo, para que a relação de trabalho seja bem-sucedida, é necessário haver uma colaboração mútua entre os profissionais, baseada na comunicação, no respeito e no foco nos resultados.

Ao longo do texto, entenda como funciona a parceria entre dentistas e TPDs, seus benefícios para os trabalhos protéticos e como o fluxo digital pode favorecer essa interação.

TPD e Dentista: Uma relação de colaboração 

O relacionamento entre o técnico em prótese em dentária e o dentista é, sem dúvidas, fator decisivo para o alcance dos resultados esperados nos tratamentos.

A seguir, confira os principais benefícios dessa parceria!

Expertise combinada

Enquanto o dentista possui um amplo conhecimento sobre odontologia e tratamentos dentários, o TPD é especializado na fabricação de próteses dentárias.

Essa combinação de habilidades é fundamental para obtenção de um trabalho de qualidade e garantia da longevidade dos tratamentos reabilitadores.

Qualidade das próteses

A técnica e a experiência do TPD, aliadas ao diagnóstico preciso e ao planejamento minucioso do dentista, permitem a produção de próteses de qualidade superior.

Isso beneficia tanto o consultório quanto o laboratório, contribuindo para a manutenção de clientes fiéis, posicionamento no mercado odontológico e aumento da lucratividade.

Maior produtividade e eficiência

A parceria entre dentista e TPD permite uma divisão clara de tarefas clínicas e laboratoriais.

Enquanto o dentista foca no diagnóstico e tratamento dos pacientes, o TPD se concentra na fabricação e ajuste das próteses, aumentando a eficiência dos trabalhos. 

Ampliação de serviços oferecidos

Com a parceria entre o dentista e o TPD, é possível oferecer uma ampla gama de serviços no consultório odontológico, desde restaurações simples até próteses complexas.

Ampliando as possibilidades de tratamento, os pacientes se sentirão mais satisfeitos, cientes de que suas necessidades serão atendidas no consultório, o que favorece a fidelização e indicação dos serviços odontológicos.

Inovação e Atualização constante

Juntos, dentistas e TPDs podem explorar novas tecnologias e materiais, como o uso de escaneamento intraoral, tecnologia CAD/CAM e demais soluções digitais.

Ao mesmo tempo, a parceria incentiva a capacitação constante através da participação em cursos de atualização e treinamento, bem como a adoção de novos fluxos de trabalho em consultórios e laboratórios.

Leia mais 👉 Saiba como utilizar o fluxo digital no laboratório de prótese

Como funciona a parceria entre TPD e dentista?

A seguir, entenda como funciona essa parceria e sua importância para o sucesso dos casos clínicos.

O papel de cada profissional

O dentista e o TPD desempenham diferentes papéis durante um tratamento em prótese dentária.

O dentista é o profissional responsável pelo diagnóstico, planejamento do tratamento, preparo dos dentes e moldagem (ou escaneamento intraoral, se o fluxo for digital).

Enquanto o TPD é o especialista na confecção de próteses, como coroas, pontes, dentaduras e aparelhos ortodônticos. 

👉 Encontre as melhores soluções para laboratório aqui!

Para que todas as etapas de trabalho sejam bem-sucedidas, ambos devem compreender suas responsabilidades e manter uma relação de respeito mútuo.

A comunicação

A comunicação entre esses dois profissionais deverá ser eficiente e harmônica, visando o sucesso do trabalho protético e bem-estar do paciente.

Isso envolve desde a troca constante de informações sobre as necessidades do paciente até a discussão de casos complexos para encontrar as melhores soluções protéticas. 

O fluxo de trabalho

Para garantir excelentes resultados nos trabalhos protéticos, o fluxo de trabalho entre dentista e TPD deve ser feito de maneira coordenada.

O dentista envia moldes e especificações para que a prótese seja fabricada de maneira precisa, já o TPD fabrica as próteses conforme as instruções do dentista e, se necessário, realiza ajustes até que ela se encaixe perfeitamente.

Nesta parceria, não há espaço para uma relação de superioridade. Ambos os profissionais devem ser capacitados para exercer suas atividades e compartilhar o conhecimento adquirido, em busca dos melhores resultados.

Fluxo digital: parceria para ir além  

Na odontologia digital, a colaboração entre dentista e TPD é ainda mais forte e eficiente.

Os softwares e as ferramentas de alto desempenho utilizados nessa nova abordagem não apenas otimizam os fluxos de trabalho, mas também facilitam a comunicação entre o laboratório e o consultório.

Isso inclui desde a utilização de scanner intraoral com o envio dos arquivos online ou scanners de bancada para digitalização dos moldes físicos já no laboratório, transformando-os em arquivos para o formato digital.

3shape Dental Speed

Passando pelo uso de softwares de edição, planejamento e gerenciamento, que flexibilizam a realização de ajustes finos e permitem maior colaboração em projetos complexos.

Assim como a utilização de impressoras 3D e/ou fresadoras CAD/CAM para a produção de próteses odontológicas de alta precisão, garantindo excelentes resultados nos trabalhos.

Ou seja, o fluxo digital surge para fortalecer essa cooperação entre profissionais, otimizando processos e aumentando a qualidade dos serviços prestados.

Neste texto, falamos sobre a importância da parceria entre dentista e TDP, e como o trabalho conjunto, a boa comunicação e o uso de tecnologias aumentam a qualidade dos tratamentos reabilitadores e contribuem para o sucesso de ambos os negócios.

Agora que ficou claro que dentistas e TPDs não são concorrentes, mas sim grandes parceiros odontológicos, aproveite para otimizar essa parceria com a adoção do fluxo digital em seu consultório ou laboratório.

Acesse agora o site da Dental Speed e encontre as soluções que mais combinam com o seu negócio!

👉 Leia também:

Referências:

https://www.labobraprima.com.br/amigos-para-sempre-os-beneficios-da-parceria-entre-dentista-e-laboratorio/

https://blog.dentalcremer.com.br/tudo-o-que-um-tpd-precisa-saber-sobre-odontologia-digital/

Ferraz, Renata – Interação entre o Cirurgião Dentista e o Técnico em Prótese Dentária · Disponível em: https://gustavocosenza.wordpress.com/wp-content/uploads/2010/11/ferraz-renata-interac3a7c3a3o-entre-o-cirurgic3a3o-dentista-e-o-tc3a9cnico-em-prc3b3tese-dentc3a1ria1.pdf

Arruda, F. J. S., Lourenço, D., Oliveira, M. D. de, & Fernandes, S. L. (2020). Cirurgião-dentista e técnico em prótese dentária: uma relação de mutualismo obrigatório. Journal of Multidisciplinary Dentistry, 10(1), 65–9. https://doi.org/10.46875/jmd.v10i1.36

Publicado por
Gabrielli Nery Wandscheer

Formada em Administração pela Estácio, especialista em Marketing e redação técnica na área odontológica.

Deixe um comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Artigos relacionados

Gestão e MarketingOdontologia Digital

O poder do Planejamento Digital do Sorriso na odontologia moderna

Entenda mais sobre o Planejamento Digital do Sorriso e como essa prática...

Uma forma de conquistar seus pacientes é investir em Marketing de Relacionamento. Selecionamos algumas dicas que irão te ajudar na fidelização
Gestão e Marketing

Marketing de Relacionamento na Odontologia: fidelize pacientes no consultório ou clínica

Uma forma de conquistar seus pacientes é investir em Marketing de Relacionamento....

Gestão e MarketingOdontologia

Dentista, entenda como sair do papel e digitalizar sua clínica

A gestão clínica na odontologia tem experimentado uma evolução notável, impulsionada pelo...