10 dicas práticas sobre ligaduras elásticas em ortodontia

Ortodontia

Como aplicar ligaduras elásticas em ortodontia

Quem trabalha com ortodontia sabe que um dos principais componentes do aparelho fixo convencional, e diretamente responsável pelo sucesso da técnica utilizada, são as ligaduras elásticas, as famosas “borrachinhas do aparelho”.

As ligaduras tem um papel muito maior que aquele percebido pelos pacientes, principalmente crianças e adolescentes, que a veem como uma ornamentação divertida que pode ser trocada mensalmente. São elas que agem segurando e pressionando o arco ortodôntico no fundo dos slots dos braquetes, o que otimiza o alinhamento, nivelamento e a leitura de ângulos e torques das prescrições utilizadas.

Mas mesmo num assunto assim tão cotidiano, acredito que existam algumas dicas básicas que todo ortodontista que ainda não as segue, deveria pensar em fazê-lo. Vamos a elas:

  • Respeite o intervalo mínimo para trocar as ligaduras de seus pacientes. Não ativamos o aparelho uma vez por mês pra receber uma mensalidade, mas sim porque é nesse momento é que deve ser feito. Estudos já mostraram que elas (as ligaduras) entram em processo de fadiga a partir do 21º dia após sua instalação e que o organismo necessita de pelo menos 10 dias de uma relativa “folga” para que ocorra reparação tecidual a nível do ligamento periodontal. Faça as contas e verá o motivo da consulta de ativação ser mensal.
  • Tenha diversas opções de cores. Apesar de todos teoricamente (explicarei isso a seguir) fazerem o mesmo efeito, entenda que sua cartela de cores encanta os pacientes, principalmente os mais jovens. Seria constrangedor ouvir que “o dentista do amigo” tem cores mais legais que você.
  • Tenha na sua cartela opções de cores sólidas e opções de cores estilo metálicas e “cristal”. Essas ultimas fazem bastante sucesso.
  • Oriente os pacientes que optarem por ligaduras elásticas mais claras ou transparentes que essas podem apresentar mudança de cor mais acentuada e rápida dependendo da dieta do paciente.
  • Para pacientes que não gostam que o aparelho fique em evidência, tenha sempre em estoque ligaduras cinza ou metálicas, pois essas se confundem com o aparelho metálico conferindo um aspecto bem discreto.
  • Por falar na ligadura elástica cinza, tenho a impressão que ela é mais “potente” que as demais e demora um pouco mais a entrar em processo de fadiga. Pode ser apenas uma sensação clínica, mas sempre que quero uma pressão maior (vale também para os elásticos em corrente) utilizo as de cor cinza.
  • Por falar em pressão, vocês sabem que podemos passar a ligadura elástica em “x” ou em “8” né ??? Faço a aplicação com o auxílio de uma pinça tipo Mathieu. Isso é muito útil quando desejamos pressionar ainda mais o arco no fundo do slot para potencializar seu efeito.
  • Se o seu paciente optou por usar algum tipo de aparelho autoligado e ainda assim deseja “colorir” o seu aparelho, não tem problema. Você pode utilizar as ligaduras elásticas por baixo do arco, evitando assim a geração de atrito e mantendo as características mais interessantes desse tipo de aparelho.
  • Para pacientes que optaram por aparelhos cerâmicos ou de safira, tenha a ligadura elástica perolada e azul perolada. Elas conseguem manter mais a cor no intervalo entre as consultas, mantendo o padrão mais estético desejado por essa clientela.
  • E como última dica sugiro a vocês que priorizem a qualidade SEMPRE. Algumas marcas comerciais de ligaduras elásticas apresentam uma degradação mais rápida, o que leva a um maior acúmulo de placa bacteriana, alterações rápidas de cor e rupturas. Eu sofria com isso na minha rotina mas de alguns anos pra cá estou muito satisfeito com a linha Elastomerics da Orthometric. Indico.

Espero que as dicas acima tenham ajudado e creio que de agora em diante você tenha inclusive mais argumentos para explicar ao seu paciente que na consulta do mês não apenas “trocou a borrachinha”, afinal de contas o papel das ligaduras elásticas no tratamento está longe de ser meramente estético.

Produtos mostrados:
10 dicas práticas sobre ligaduras elásticas em ortodontia

Ligadura Elástica Bengalinha

Orthometric
10 dicas práticas sobre ligaduras elásticas em ortodontia

Elástico Corrente

Orthometric

Conteúdo relacionado

Passo a passo de uma moldagem em Ortodontia

Passo a passo de uma moldagem em Ortodontia

Ortodontia
A moldagem é um procedimento muito comum nos consultórios e a confecção do modelo ortodôntico é um dos elementos fundamentais para um bom diagnóstico e correto plano de tratamento. Apesar de parecer simples, existem detalhes que fazem toda a diferença.
12 dicas de instalação do Aparelho Ortodôntico

12 dicas de instalação do Aparelho Ortodôntico

Ortodontia
Olá colegas leitores! Conforme salientamos na ultima matéria, abordarei aqui os itens que julgo essenciais para se aplicar com qualidade e excelência em cada etapa da instalação do aparelho ortodôntico.