Imposto de renda para Dentista

Conteúdo Especial

Todo começo de ano somos assombrados pelo leão e a correria contra o relógio para declarar o imposto de renda toma conta de algumas horas do nosso dia a dia.

Fique tranquilo que iremos esclarecer algumas duvidas aqui para você:

A declaração do imposto de renda é um momento que requer bastante atenção dos dentistas, pois uma falha pode ser suficiente para perder alguns bons reais.

O imposto de renda precisa ser declarado por todas as pessoas jurídicas e físicas que possuam domicilio no país.

O IRPJ é apurado com base no lucro, que pode ser real, presumido ou arbitrado. Nesse ano, estarão isentos de pagar impostos os contribuintes cuja soma de todas as rendas tributáveis tenha ficado no intervalo entre R$ 22.847,77 a R$ 33.919,80, pagarão o imposto com a alíquota de 7,5%.

Os contribuintes cuja renda anual tenha sido de até R$ 22.847,76 estarão isentos do pagamento do Imposto de renda.

Já os contribuintes que tiveram a renda anual no intervalo de R$ 45.012,61 até R$ 55.976,16, pagarão 22,5% de imposto sobre os rendimentos.

Todos os contribuintes cuja renda tenha ultrapassado R$ 55.976,16 pagará 27,5% de imposto sobre a renda.

Já para quem a renda anual tenha sido entre R$ 33.919,81 a R$ 45.012,60. Pagará imposto de 15% sobre os rendimentos.

Como declarar o imposto de renda?

Para declarar o imposto de renda 2019 é muito fácil, inicialmente você deve fazer o download do programa IRPF 2019. O programa está disponível nas versões Android e Ios nos dispositivos móveis e versões Mac e Linux para computador. Você pode acessar o site da receita federal e baixar o programa, é só acessar o link aqui.

ATENÇÃO DENTISTAS:  deixe organizado durante o ano todos os documentos que serão necessários para utiliza na declaração. Considere também o uso de recibo com seus pacientes. Utilize um modelo padrão com seus dados: CNPJ, endereço, telefone e CRO.

Importante também é sempre solicitar o CPF do seu paciente ou de quem paga pelo tratamento na hora de emitir o recibo, esse dado é exigido pela receita na prestação de serviços odontológicos, sob pena de perder seu valor caso item não conte no recibo.

Para os profissionais autônomos, o preenchimento do carnê leão é essencial. Carnê leão é uma forma de recolhimento mensal obrigatória do imposto de renda que a pessoa física recebe de outra pessoa física ou do exterior, pois são valores que não têm tributação na fonte pegadora. Ou seja, quem pagou não retém imposto.

O carnê leão deve ser preenchido por pessoas que tem formação universitária ou técnica e exerce a sua profissão com autonomia e liberdade, podendo ser empregado ou trabalhar por conta própria, a exemplo dos profissionais da área odontológica.

Através dele, é possível fazer a escrituração eletrônica do livro-caixa, com diversas vantagens para o contribuinte, como:

  • Cálculo do limite mensal de dedução;
  • Transporte do excedente das despesas para o mês seguinte, até dezembro;
  • Plano de contas básico e ajustável à sua atividade profissional;
  • Impressão do livro-caixa;

Livro-caixa é a movimentação financeira do seu trabalho. Nele também são lançados os recibos emitidos para seus pacientes e as despesas do mês.

O dentista deve emitir recibo para cada um dos seus pacientes e, ao final do mês, lançar o carnê leão, na ficha “livro-caixa”, os valores que recebeu de seus pacientes naquele período.

Deve ser registrado também:

  • Aluguel, condomínio e IPTU do consultório
  • Água, luz, telefone e internet do consultório
  • Despesas com empregados, como secretária e faxineira (remuneração, INSS E FGTS)
  • Produtos de limpeza
  • Materiais odontológicos
  • Materiais de escritório
  • Honorários de serviços contábeis

Todas essas despesas são dedutíveis do imposto do carnê leão, podendo diminuir o valor do imposto a pagar ou aumentar a restituição do IR.

O preenchimento do carnê leão é feito de forma eletrônica, por meio do programa da Receita Federal. Basta baixá-lo em seu computador e preencher mensalmente os rendimentos que recebe.

Basta clicar aqui para baixar o programa.

Ainda sim ficou com duvidas?

Dê o play e confira um vídeo com a doutora Aline falando mais sobre o assunto.

Atenção para os prazos 

No final desse mês a receita federal libera o download do programa IRPF 2019 para envio da declaração. No início de março começa o prazo para enviar a declaração de ajuste anual. E 28/04/2019 é o encerramento do prazo para da declaração.

É ideal conferir com antecedência se você se encaixa no perfil que são obrigados a entregar a declaração em 2019, para acertar as contas com o leão.

É só acessar aqui.

Produtos mostrados:
Imposto de renda para Dentista

Recibos

Dental Speed

Artigos Relacionados

Como acertar na compra do seu Equipo

Como acertar na compra do seu Equipo

Conteúdo Especial
A compra da cadeira odontológica é um dos momentos mais importantes na hora de montar um consultório! Pesquisar e escolher um equipo que atenda todas as necessidades do dia a dia clínico é essencial para o sucesso do seu atendimento.