Já parou para pensar na identidade visual da sua clínica odontológica? Se não, saiba que ter esse cuidado é essencial para todo profissional e não seria diferente para o cirurgião-dentista. A identidade visual fortalece a construção da marca, alcança mais pessoas e garante autoridade no assunto. Vamos saber mais sobre a importância da identidade visual e como criar a sua?

 A importância da identidade visual para a sua clínica

O que é identidade visual?

Identidade visual é um conjunto de elementos gráficos, padronizados que representam uma marca, um produto, serviço, pessoa ou ideia. É aquela combinação de ícones e palavras que vão resumir a sua marca, estarão presentes nos seus materiais e farão com que o cliente sempre lembre de você.

Contudo, engana-se quem pensa que a identidade visual é apenas uma mistura de cores, letras e imagens. Toda identidade visual tem um conceito e é baseada nas características únicas de cada empresa, naquilo que ela deseja repassar para o mercado e para o seu cliente.

A escolha das cores, do tipo de letra, do elemento gráfico deve ser feita com cuidado e após um estudo detalhado da sua marca, levando em conta o que você deseja transmitir, dentre outros fatores. Por isso, é muito importante se dedicar bastante à elaboração da sua identidade visual.

Elementos de uma identidade visual

Mas, o que de fato compõe uma identidade visual. A representação da sua marca deve conter, basicamente:

Logo

Esse é o principal item da sua identidade visual e nada mais é do que o símbolo que resume a sua empresa, identificando-a facilmente. O logo precisa ser compreensível, fácil de ser reproduzido e percebido pelo cliente. Lembra do símbolo da Nike e da Apple?

Uma paleta de cores

A escolha das cores do seu negócio deve levar em consideração o seu nicho e o que você quer passar através dessas cores. Geralmente, nichos relacionados à saúde preferem cores mais neutras e simples em vez daquelas mais fortes.

A escolha da sua paleta, que pode conter de 2 a 4 cores, deve levar em conta o significado de cada cor, de acordo com o que diz a psicologia das cores. É uma maneira de atrair e tentar ficar mais perto do seu público, despertando nele as sensações que você deseja.

Tipografia

Assim como acontece com as cores, a escolha da tipografia deve seguir algumas orientações. A primeira delas é optar por fontes mais elegantes e legíveis. Deve-se evitar fontes muito grossas, com muitas serifas, aquelas curvas nas extremidades das letras, e difíceis de entender.

Todas as artes criadas pela sua clínica, desde então, devem seguir a tipografia escolhida lá no início.

Elementos gráficos

Além do logo, símbolo principal da sua marca, temos também os elementos gráficos que são ícones que complementam a identidade visual. Pode ser uma frase ou uma figura relacionada à área, por exemplo. Obviamente, esse elemento deve estar alinhado com o restante dos itens utilizados.

Slogan

Slogan é aquela frase de impacto que resume o seu negócio ou seu objetivo. Precisa ser simples, curto e representar de fato o seu negócio, o seu diferencial.

Conceito

Assim como já foi dito, uma identidade visual não é apenas uma mistura de elementos. Todos esses itens devem fazer parte de um conceito, de uma ideia discutida em conjunto entre o empresário e o profissional responsável pela criação da marca.

E onde aplicamos a identidade visual?

O primeiro lugar em que a sua identidade visual deve estar presente é na fachada da sua clínica. Além disso, todo o material gráfico precisa estar padronizado com esse símbolo: receituários, cartões de visita, blocos de papel, fichas de atendimento, pastas, adesivos, placas de identificação etc.

As redes sociais da clínica também devem respeitar a identidade visual usando as cores e imagens escolhidas em todos os perfis disponíveis e em todos os meios de divulgação, sejam eles físicos ou digitais. Afinal, a padronização é uma das funções da identidade visual.

Por isso, é muito importante que os elementos desse conjunto possam ser representados em materiais e tamanhos diferentes, conservando a mesma legibilidade e facilidade de compreensão.

 

Papelaria Dental Speed

Informações importantes para criação de uma identidade visual de uma clínica odontológica:

Como já dissemos, a identidade visual do seu negócio não deve ser criada de forma aleatória. Pelo contrário, é um projeto importante e exige conhecimento não apenas sobre a empresa, mas também acerca de todos os elementos que compõem esse conjunto como significado de cores, melhores fontes etc.

Ao contratar uma empresa especializada em desenvolvimento de sua marca, atente-se para os pontos abaixo no momento da escolha da marca:

  • Evite fontes rebuscadas, que deixem o seu slogan difícil de entender;
  • Use cores sóbrias. Dourado, marrom, verde ou azul são exemplos de cores indicadas para o ramo da saúde. Use-as sempre em tons neutros e opacos.
  • Prefira imagens simples, fáceis de serem identificadas e associadas à sua marca.
  • Na hora de criar o conceito, pense no seu público, nos seus valores, na sua missão e na imagem que deseja transmitir.
  • Seja original, mas sem exageros. Não pense em criar algo muito diferente e fugir do conceito básico da identidade visual que é a fácil compreensão pelo consumidor. Veja como funcionam as empresas similares e faça adaptações.

 

Como você viu, a identidade visual da sua clínica odontológica não é apenas um conjunto de símbolos e gráficos para identificar o seu negócio. É um projeto elaborado para representar a sua marca traduzindo ao máximo aquilo que você quer repassar ao seu cliente.

Por isso, é fundamental escolher corretamente as cores, o logo, o slogan e as fontes usadas. Seguindo todas essas dicas, ficará muito fácil definir a sua identidade visual e profissionalizar cada vez mais o seu negócio.

Dental Speed