Vamos falar sobre Setembro Amarelo?

Odontologia
O dia 10 de setembro é conhecido como o Dia Mundial de Prevenção do Suicídio, essa data foi definida pela OMS com o intuito de criar diálogo e conscientização sobre esse assunto.

No Brasil, surgiu em 2014 uma campanha de prevenção ao suicídio chamada de “Setembro Amarelo”. Ela foi criada pela Associação Brasileira de Psiquiatria – ABP junto ao Conselho Federal de Medicina – CFM. Falar sobre esta campanha é falar sobre salvar vidas.

De acordo com a OMS, o suicídio é a segunda causa de morte mais comum entre jovens de 15 a 24 anos, totalizando 800 mil mortes no mundo por ano, o que significa um suicídio a cada 40 segundos. Já no Brasil, todos os anos são registrados mais de 12 mil suicídios e esses números tratam de uma triste realidade, que registra cada vez mais casos.

Conta com a gente para dicas sobre saúde bucal, técnicas e novidades da odontologia na dental speed

Por isso, a campanha Setembro Amarelo foi criada buscando conscientizar a população sobre os fatores de risco para o comportamento suicida e orientar para o tratamento adequado de transtornos mentais.

Importancia da saúde mental

Ainda segundo a OMS, a saúde mental, está relacionada à forma como uma pessoa reage as exigências da vida e lida com as mais diversas situações.

Logo, diversos fatores interferem na saúde mental de um indivíduo, como o meio em que a pessoa vive, questões genéticas, questões hormonais, a forma que ela lida com as emoções, ansiedade, etc.

Principais causas do suicídio

É importante estar atento aos fatores de risco apresentados pelas pessoas ao nosso redor, conhecê-los e saber como lidar é fundamental para dar o apoio necessário.

Logo, vale salientar que os principais casos são de homens jovens e que, além disso, cerca de 96,8% dos casos estão relacionados a transtornos mentais. Em primeiro lugar está a depressão, seguida do transtorno bipolar e abuso de substâncias psicoativas.

Os motivos que desencadeiam o suicídio geralmente estão associados:

  • Ao uso de álcool e drogas;
  • À desesperança e desespero: busca de sentido existencial, razão para viver, falta de habilidade de resolução de problemas;
  • Ao isolamento social, ausência de amigos íntimos;
  • Possuir acesso a meios letais;
  • À impulsividade.
eBook de organização e biossegurança no consultório da dental speed

Como identificar pacientes com transtornos psicológicos

Muitas vezes os transtornos mentais não são detectados ou não são tratados da forma correta. Portando, é fundamental estar atento e saber quais atitudes tomar diante de uma situação assim.

O dentista pode observar as manifestações bucais como dentes quebrados, enxaquecas, ATM, apertamento, cáries causadas por uso de medicamentos. e e abordar esse tema de uma forma sensível:

  • questionar ao paciente como ele se sente no dia a dia;
  • entender como está sendo o sono do paciente;
  • tentar identificar onde estão os fatores causadores do problema bucal;
  • além de fazer o tratamento odontológico, é importante realizar o devido encaminhameno do paciente.

Além disso, é preciso trabalhar a compreensão, o não julgamento e também a empatia, pois a saúde mental é trabalhada diariamente.

Segundo a Psicóloga clínca Dra. Micheli Ghusleni:

“O dentista precisa olhar o paciente como um todo, pois o tratamento precisa ser feito por completo. É necessário tratar a causa do problema bucal. “

Dê play para conferir um papo completo sobre Saúde Mental para dentistas e pacientes:

Programa de apoio emocional – CVV

O Centro de valorização da vida- CVV é uma das mais antigas ONGs do Brasil. Ela trabalha oferecendo apoio emocional e também na prevenção do suicídio. Atualmente está presente em todos os estados brasileiros e a assistência também é dada pelo telefone 188, voip e chat para pessoas que precisam de algum auxílio emocional. Tudo é feito de forma anônima, sigilosa e sem qualquer julgamento ou crítica.

Do mesmo modo, se você tem vontade de ajudar pessoas nesta situação, é possível ser um voluntário do CVV. Para isso é necessário ter mais de 18 anos de idade, pelos menos quatro horas disponíveis por semana e participar de um curso grátis de preparação de voluntários que pode ser feito de forma online.

Por outro lado, caso você precise de assistência ou conhece alguém nesta situação, basta ligar para o número 188 ou entrar no site do CVV e contar com o apoio de um voluntário!

Fontes: Veja, CVV

Conteúdo relacionado

Endodontia para dentes decíduos

Endodontia para dentes decíduos

Endodontia
Um dos principais objetivos da Odontopediatria é preservar os dentes de leite até a completa erupção. Traumatismos como batidas, quedas e lesões por cárie podem acometer a polpa dentária e levar à necessidade de tratamento de canal.