A apresentação de trabalhos e seminários é muito frequente no curso de Odontologia e como isso faz parte da vida acadêmica de qualquer estudante, é preciso estar preparado para essa tarefa.

Para muitos a apresentação de trabalhos e seminários pode ser bem desafiadora e pode causar até certo nervosismo, afinal é necessário fazer isso na frente da turma ou banca.

Mas saiba que esse medo é muito comum e a maioria das pessoas não se sentem confortáveis com tal situação. Seja pelo fato de falar em público ou até mesmo dificuldade em escolher as melhores palavras e conseguir falar no tempo estipulado da apresentação.

Por isso, para te ajudar preparamos 5 dicas de como se sair bem nas apresentação de trabalhos e seminários.  Vamos lá!

 

Esteja seguro com o tema da apresentação  

Primeiramente é muito importante que você saiba o que está fazendo. Logo, você precisa compreender o conteúdo proposto, estude-o bastante, leia diversas vezes se necessário, até não existir mais dúvidas sobre o tema.  É de extrema importância se mostrar seguro com o tema no qual você está apresentando, isso demonstra domínio e segurança para os avaliadores ou professores que estarão te assistindo, e possivelmente te avaliando.  

 

 Faça um roteiro da apresentação  

Uma ótima dica é construir um roteiro para treinar a sua apresentação. Além de organizar as ideias principais, ele também vai te ajudar para que você não se perca no que irá apresentar.  

 

Universitários

Grave sua apresentação  

Outra dica válida é gravar a sua apresentação enquanto treina e depois ouvi-la. Com isso, você percebe se está repetindo muito algumas palavras ou termos. A ideia é também você ouvi-la para fixar melhor o que irá falar no momento da apresentação.  

 

Cronometre o tempo enquanto estiver treinando  

É importante respeitar o tempo da apresentação, pois muitas vezes o tempo extrapolado pode ser um fator negativo na avaliação. Então, enquanto estiver treinando, cronometre o tempo de apresentação e faça ajustes caso esteja muito distante do tempo esperado.

 

Anote possíveis dúvidas  

Por fim, crie e imagine possíveis dúvidas que seus avaliadores ou professores podem perguntar no momento da arguição. Isso te ajuda a prever questionamentos e te deixa mais confiante em sua apresentação.

 

Esperamos que essas dicas te ajudem em suas próximas apresentações, até a próxima!