Harmonização Orofacial: procedimentos para o verão

Harmonização Orofacial

Com a chegada do verão, é grande o número de pessoas que buscam por tratamentos estéticos para se preparar para a temporada. Na Odontologia, essa demanda impacta principalmente as especialidades de Dentística e Estética – com foco em clareamentos dentais – e Harmonização Orofacial, devidos aos inúmeros procedimentos da área que são oferecidos atualmente no consultório odontológico.

Harmonização Orofacial Dental Speed

Melhores tratamentos para o período

No caso da Harmonização Orofacial, os profissionais de HOF possuem uma ampla variedade e tratamentos que visam promover o equilíbrio estético da face.

Contudo, ao oferecer procedimentos para o verão é importante analisar quais terapias podem ser feitas nesta época do ano, e que não causarão danos à saúde de seus pacientes. Afinal, a maioria delas envolvem cuidados pós-procedimento, incluindo a não exposição aos raios solares.

A seguir você confere as melhores técnicas de HOF para o verão, os benefícios que elas oferecem, tal como os cuidados a serem seguidos rigorosamente nesta estação para obtenção de excelentes resultados estéticos.

Toxina botulínica (Botox)

A aplicação de toxina botulínica, também chamado de “Botox”, é sem dúvidas um dos tratamentos mais populares da Harmonização Orofacial. Isso não poderia ser diferente, afinal, é o procedimento não cirúrgico mais realizado ao redor do mundo.

A técnica consiste na aplicação de toxina botulínica, substância produzida pela bactéria Clostidium botulinum.

A versão industrializada da toxina é o tipo A, de alta pureza, capaz de promover grandes benefícios estéticos – preventivos ou reparativos – e funcionais para os pacientes.

Após aplicada, a toxina botulínica age como bloqueador neuromuscular, ou seja, interrompe a contração muscular da respectiva região da face, de tal maneira que não há formação de novas rugas, e as existentes são atenuadas.

São vários os pontos de aplicação de toxina botulínica, mas a busca pelo tratamento de rugas dinâmicas – que surgem a partir de expressões faciais – se destaca, principalmente na região lateral dos olhos, fronte e glabela.

Apesar de existirem alguns mitos envolvendo a toxina botulínica, o procedimento pode sim ser feito no verão, desde que o paciente siga os cuidados indicados para uma total recuperação.

Em relação à qualidade da substância utilizada, uma alerta para os profissionais é de sempre adquirir produtos em lojas confiáveis, pois infelizmente é comum encontrar versões falsificadas de toxina tipo A no mercado.

Na Dental Speed é possível adquirir toxina botulínica de marcas autorizadas pela ANVISA, como Cristália, Rennova e Blau Farmacêutica. A entrega do material é feita em cidades das regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste, em embalagem refrigerada que mantém a integridade do produto. Para saber mais acesse o site da Dental Speed!

Atenção: Venda restrita ao cirurgião-dentista ou pessoa jurídica que preste serviço odontológico com devida inscrição no CRO.

Preenchimento facial

Além do Botox, outro procedimento de harmonização orofacial que caiu no gosto dos pacientes é o preenchimento com ácido hialurônico.

Muitos atribuem o aumento de demanda da técnica de preenchimento ao grande número de influencers digitais e celebridades que realizam o tratamento estético e compartilham os resultados nas redes sociais. Ou pelo fato de o ácido hialurônico se destacar como base para criação de séruns e cremes voltados para o rejuvenescimento facial.

Mas, sabemos que além de modismos, são vários os motivos que tornam o preenchimento com ácido hialurônico uma ótima opção de tratamento. Seu destaque no consultório odontológico se dá pelos benefícios de hidratação, volumização e revitalização da elasticidade da pele.

Os procedimentos mais comuns são: reposição de volume, preenchimento de olheiras, preenchimento labial, preenchimento de sulcos, suavização de rugas, preenchimento de mento e região malar, contorno mandibular, entre outros.

Para o verão, as restrições ao procedimento só ocorrem em caso de equimose ou hematoma na área de aplicação, que pode ser causado pela agulha ou micro cânula de aplicação. Neste caso, o paciente não deve ficar exposto ao sol até sua recuperação.

No mercado de preenchedores, há uma ampla variedade de produtos e acessórios para atender a todos os tipos de casos e necessidades. Marcas como Rennova, Sinclair Pharma, Toskani e Pharmaestetics, oferecem ácidos hialurônicos de alta, média e baixa densidade, além de modelos voltados para hidratação.

Os preenchedores de ácido hialurônico podem, ainda, ser utilizados em associação com peelings, lasers e toxina botulínica, de acordo com a indicação clínica e objetivos do tratamento proposto.

Talvez você também se interesse por estes conteúdos:
Como acertar na escolha do Ácido Hialurônico?
Qual ácido hialurônico devo escolher: Fill ou Lift?

Aplicação de bioestimuladores de colágeno

A partir dos 30 anos de idade, é comum que organismo humano inicie um processo natural de redução e perda de colágeno. Logo, o uso de bioestimuladores é uma excelente opção para pacientes que desejam repor a proteína, de forma segura e pouco invasiva.

A técnica de bioestimulação, como o próprio nome já diz, estimula a ativação das células responsáveis pela produção de colágeno. O processo de aplicação é similar ao do preenchimento facial, mas neste caso utilizam-se bioestimuladores.

As substâncias mais comuns são policaprolactona, ácido polilático e hidroxiapatita de cálcio. Modelos como Ellansé da Sinclair Pharma e Elleva da Rennova são conhecidos pela excelente biocompatibilidade.

Os pacientes que realizam o tratamento podem esperar um efeito rejuvenescedor pois as vantagens da aplicação de bioestimuladores de colágeno na região facial incluem melhora da qualidade e firmeza da pele, volumização de área fundas do rosto, redução de cicatrizes e suavização de linhas de expressão e rugas.

Como a terapia se assemelha à aplicação de ácido hialurônico, não há contraindicações em realizá-la no verão, pois a recuperação é simples. Contudo, é fundamental que sejam seguidas as recomendações pós-procedimento.

Radiofrequência

A Radiofrequência é uma opção de tratamento indolor, sem uso de agulhas e que pode ser feito em qualquer período do ano. Para isso, o profissional utiliza um aparelho de radiofrequência.

O equipamento realiza a emissão de ondas eletromagnéticas, energia térmica que atravessa diversas camadas do tecido cutâneo e subcutâneo. Por fim, o calor provocado pela radiofrequência gera a contração das fibras colágenas, estimulando a síntese de novas fibras, responsáveis pela manutenção da estrutura, elasticidade e firma da pele.

Outro benefício da radiofrequência é a eliminação de gordura. No caso do rosto, a terapia contribui para a redução de gordura localizada embaixo do queixo, a famosa “papada”, e propicia um maior contorno facial, destacando os ângulos do paciente.

Equipamentos de HOF

O procedimento é feito em sessões. Na região facial, recomenda-se a realização de no mínimo 3 sessões, com intervalos de 15 a 30 dias, ou de acordo com o objetivo do tratamento.

O uso de radiofrequência também pode ser associado a outros procedimentos. É o caso da aplicação de injetáveis, onde atua na preparação da pele e contribui para melhores resultados.

Os principais equipamentos de Radiofrequência são: Tecare da HTM, Neartek da Ibramed e Tecar CRV 200 da Winform. Veja aqui todos os modelos e confira as opções de pagamento facilitadas!

Carboxiterapia facial

A carboxiterapia facial também é um procedimento que pode ser realizado no verão. A terapia é eficiente no combate a rugas e marcas profundas no rosto, em especial as olheiras, reduzindo inchaço e clareando a pele no local.

Na técnica, o profissional realiza a infusão de dióxido de carbono, também conhecido como gás carbônico (CO2), na região a ser tratada. O processo visa a nutrição e melhora da circulação sanguínea por meio de vasodilatação.

Ocorre que, com a infusão de CO2, o tecido sofre um processo inflamatório, acarretando o aumento da oxigenação do local e estímulo de fibras colágenas e elástica, essenciais para o rejuvenescimento facial.

O procedimento é seguro e exige um equipamento próprio de carboxiterapia. As injeções são feitas com uma agulha ultrafina, reduzindo o “trauma “na pele do paciente.

Dentre os principais equipamentos, podemos destacar o Ares da Ibramed como um ótimo aliado do cirurgião-dentista. O equipamento conta com um software ligado a sensores que dá autonomia total ao profissional em relação ao volume e velocidades dos fluxos de CO2.

Aparelho de Carboxiterapia Ares com Gás Aquecido – IBRAMED

Possui um dispositivo que aquece o dióxido de carbono, reduzindo o desconforto para os pacientes durante o procedimento. E ainda, permite uso simultâneo de corrente High Volt – a mesma utilizada em eletrolifting – juntamente com a infusão de CO2, potencializando os efeitos fisiológicos do tratamento, como estímulo de fibroblastos.

Microagulhamento

Popularmente conhecido como microagulhamento, a técnica também leva o nome de Indução Percutânea de Colágeno por Agulhas.

É um procedimento de harmonização orofacial minimamente invasivo, e consiste na utilização de um dispositivo repletos de microagulhas responsáveis por criar micro lesões na camada mais superficial da pele do paciente.

Essas micro lesões, resultado da perfuração da pele, provocam uma inflamação controlada e estimulam as células produtoras de colágeno.

Como resultado o paciente experimenta um rejuvenescimento cutâneo, por isso, é ideal para minimização de marcas de expressão, atenuação de rugas finas e cicatrizes leves, tratamento de melasma e controle de poros dilatados.

O microagulhamento pode ser feito com um roller – cilindro com microagulhas –, a partir de um movimento de rolagem sobre a pele ou utilizando uma caneta elétrica de microagulhamento.

Também é possível realizar o procedimento associado à técnica drug delivery, terapia que tem como objetivo potencializar a entrada de dermocosméticos, como ácido hialurônico, vitaminas, clareadores e ativos antienvelhecimento, através da abertura de micro canais causada pelo microagulhamento.

Na Dental Speed você encontra produtos da Smart GR, Fabinject e Alur Medical. Acesse aqui a sessão de microagulhamento e confira todas as novidades.

Peeling

O Peeling tem como principal finalidade a renovação celular da camada superficial da pele. Isso ocorre devido aos agentes envolvidos no tratamento, capazes de destruir as camadas superficiais do rosto, desencadeando um processo de reestruturação celular natural no paciente.

É o caso de ácidos, produtos abrasivos e equipamentos para harmonização orofacial como ultrassom e laser.

Sabe-se que o peeling pode ser realizado em diferentes níveis: superficial, médio e profundo, dependendo das particularidades de cada caso clínico.

O tratamento estético é capaz de atenuar manchas e linhas de expressão, reduzir poros dilatados e cicatrizes, atuar na uniformização da pele pós-tratamento da acne, na flacidez e fotoenvelhecimento e ainda contribuir para a produção de colágeno.

No consultório de HOF é comum que os profissionais optem por peelings mais abrasivos, realizando protocolos que atingem camadas profundas da pele para maior estimulação dérmica.

Contudo, a fim de evitar intercorrências e complicações, indica-se que peelings neste nível sejam realizados, no mínimo, 3 meses antes de o paciente iniciar a exposição solar prolongada. Assim, será possível realizar os cuidados pós procedimento de forma efetiva e começar o verão com a pele renovada.

Já durante a estação mais quente do ano, o ideal é que o cirurgião-dentista ofereça peelings mais leves e superficiais, promovendo uma escamação sutil da pele – que a torna menos vulnerável-, e uma recuperação mais simples.

Vale salientar que, antes da intervenção, é preciso orientar seus pacientes em relação ao uso de proteção solar de qualidade no pós- procedimento, até mesmo em ambientes fechados e dias nublados.

Peeling ultrassônico

Uma forma de realizar peelings não invasivos, mas com ótimos resultados estéticos é optando pelo Peeling Ultrassônico. A técnica é realizada com o auxílio de um aparelho microcontrolado que emite ondas de ultrassom associadas à estímulos elétricos, diretamente no local a ser tratado.

Dentre as inúmeros vantagens do procedimento estão: a remoção de impurezas e células mortas, melhoria do tônus da pele, tratamento de rugas e cicatrizes de acne e estímulo na produção de colágeno e elastina.

Além disso, o uso do aparelho também contribui para a permeação cutânea de ativos cosméticos e maior regeneração tecidual pós-peeling.

Laserterapia

Ao contrário do que muitos pensam, tratamentos para pele com laserterapia também podem ser realizados na época mais quente do ano.

Mas, para que a técnica ocorra de forma segura, os cuidados em relação à exposição solar devem ser redobrados e o uso de protetor solar deve ser intensificado.

Na laserterapia, utiliza-se um equipamento próprio que emite ondas de baixa intensidade. Desse modo, o processo é feito com a aplicação do dispositivo sobre a região a ser tratada, de forma não-invasiva e sem desconforto algum para o paciente.

O uso de laser é, sem dúvidas, uma excelente opção para a promoção do rejuvenescimento facial, pois visa a síntese de colágeno, diminuição de marcas de expressão e rugas, bem como a redução de cicatrizes e manchas.

Investir em um equipamento de HOF para laserterapia é uma ótima forma de otimizar os procedimentos estéticos realizados no consultório odontológico.

Trata-se de uma ferramenta versátil, que pode ser usada de forma isolada ou complementando outros procedimentos de harmonização orofacial, como aplicação de toxina botulínica e preenchedores, para efeitos mais duradouros.

E, em casos de intercorrências em HOF, também pode atuar no controle de reações inflamatórias.

Cuidados após realizar procedimentos durante a estação

Os cuidados pós procedimento também são fundamentais para um bom resultado no tratamento, pois além de contribuírem para uma rápida recuperação do paciente, previnem eventuais complicações.

Isso envolve cuidado extra com a pele, mudanças na rotina durante o período de recuperação e consultas de acompanhamento, e o paciente – sendo parte ativa do tratamento – deve estar ciente de sua responsabilidade no pós-tratamento e da importância de seguir à risca todas as recomendações do cirurgião-dentista.

A seguir, confira todos os cuidados que seus pacientes devem ter ao realizar harmonização orofacial nesta época do ano.

• Utilizar proteção solar, mesmo em ambientes fechados e dias nublados;

• Evitar exposição solar, principalmente entre 10h e 16h;

• Reaplicar o filtro solar com frequência. E se exposto ao sol, realizar a aplicação do produto a cada duas horas;

• Evitar exercícios físicos intensos;

• Para hidratação da pele, beber muita água e utilizar hidratantes corporais;

• Manter o rosto limpo, evitando tocá-lo nas primeiras horas pós-procedimento;

• A limpeza da pele deve ser feita sempre com sabonete facial e água micelar;

• Durante o período mais crítico de recuperação, indica-se não utilizar maquiagem;

• A alimentação também contribui para uma boa cicatrização. Priorize alimentos leves, ricos em água e vitaminas.

Papelaria personalidade de harmonização orofacial

Assim, independentemente da época do ano e da técnica escolhida, o cirurgião-dentista deve garantir que todas as etapas de tratamento sejam feitas com qualidade, priorizando sempre o bem-estar e equilíbrio estético do seu paciente.

Na Dental Speed você encontra produtos para Harmonização Orofacial com qualidade garantida, entrega rápida e condições de pagamento diferenciadas. Acesse o site e conheça o portfólio completo de HOF.

Aproveite para avaliar esse conteúdo e contar pra gente nos comentários quais assuntos você quer ler aqui no Eu Amo Odonto.

Ofertas Campeãs no mês do cliente na Dental Speed

Referências:

PROCEDIMENTOS estéticos no verão: quais as indicações e cuidados. SUTURAS ONLINE, [S. l.], p. 1-1, 8 fev. 2022. Disponível em: https://suturasonline.com.br/procedimentos-esteticos-no-verao/. Acesso em: 8 ago. 2022.

PEELING: o que é, tipos e resultados do procedimento. Minha Vida, [S. l.], p. 1-1, 8 fev. 2022. Disponível em: https://www.minhavida.com.br/materias/materia-12077. Acesso em: 8 ago. 2022.

GUIA de cuidados pós-procedimento estético com injetáveis: o que fazer para evitar complicações e otimizar a recuperação. Sonia Esteves, [S. l.], p. 1-1, 8 jun. 2022. Disponível em: https://soniaesteves.com/guia-de-cuidados-pos-procedimento-estetico-com-injetaveis-o-que-fazer-para-evitar-complicacoes-e-otimizar-a-recuperacao/. Acesso em: 8 ago. 2022.

POSSO aplicar toxina botulínica no verão?. Luciana Pepino, [S. l.], p. 1-1, 8 jun. 2022. Disponível em: https://www.lucianapepino.com.br/blog/botox-facial-no-verao/. Acesso em: 8 ago. 2022.

5 procedimentos estéticos mais procurados durante o verão. Petrônio Fleury, [S. l.], p. 1-1, 1 jan. 2022. Disponível em:
https://www.petroniofleury.com.br/novidade/5-procedimentos-esteticos-mais-procurados-durante-o-verao. Acesso em: 6 ago. 2022.

CONHEÇA os benefícios da carboxiterapia para olheiras. Luciana Pepino, [S. l.], p. 1-1, 1 jan. 2022. Disponível em:
https://www.lucianapepino.com.br/blog/tratar-olheiras/. Acesso em: 6 ago. 2022.

INDUÇÃO percutânea de colágeno (IPCA®). Thâmara Morita, [S. l.], p. 1-1, 1 jan. 2022. Disponível em:
https://thamaramorita.com.br/dermatologia/inducao-percutanea-de-colageno-ipca/. Acesso em: 6 ago. 2022.

BIOESTIMULADORES de colágeno: o que são?. Unique, [S. l.], p. 1-1, 19 dez. 2019. Disponível em:
https://uniqueodontobc.com.br/2019/12/19/bioestimuladores-de-colageno-o-que-sao/. Acesso em: 9 ago. 2022.

TRATAMENTOS para a pele que podem ser feitos no verão. Unique, [S. l.], p. 1-1, 21 fev. 2019. Disponível em:
https://dermatologistacuritiba.com/tratamentos-para-a-pele-que-podem-ser-feitos-no-verao/. Acesso em: 9 ago. 2022

Texto escrito por Gabrielli Nery Wandscheer e revisado por Dra. Lorena Toledo (CRO-SP 93081)

Redatora em Blog Dental Speed
Formada em Administração pela Estácio, especialista em Marketing e redação técnica na área odontológica.
Gabrielli Nery Wandscheer
Últimos posts por Gabrielli Nery Wandscheer (exibir todos)

Artigos relacionados

Consultório Digital na Odontologia

Consultório Digital na Odontologia

Odontologia Digital
De alguns anos pra cá, muitos consultórios odontológicos vêm digitalizando suas informações. Hoje esse avanço se tornou imprescindível, e um diferencial para as clínicas e consultórios odontológicos, entenda porque.

Education Template