A preocupação com a estética é algo que faz parte da nossa história há centenas de anos. E é senso comum que um dos itens que mais se destacam na boa apresentação de uma pessoa é um sorriso bonito, com dentes alinhados, saudáveis e, especialmente, mais brancos. Relatos indicam que o primeiro clareamento para dentes vitais feito em consultório apareceu em 1868, mas o conceito de clareador dental já é conhecido desde o antigo Egito.

Mas o que faz os dentes ficarem manchados e amarelados?

Existem diversos fatores responsáveis pelo escurecimento dos dentes. Alguns deles são:

  • Idade: uma pessoa mais jovem geralmente possui dentes mais claros que uma pessoa idosa. Isso porque com o passar dos anos a camada de esmalte que cobre os dentes torna-se cada vez mais fina, o que faz com que a camada interna, a dentina, fique mais aparente. Como a dentina é rica em pigmentos, sua tonalidade acaba influenciando a aparência do sorriso.
  • Tratamento de canal: quando um dente vital passa por um trauma que causa a necrose de sua polpa (parte onde ficam os vasos sanguíneos e nervos), o dente entra em um processo de escurecimento, tornando-se mais acinzentado. Se o paciente demorar para iniciar o tratamento de canal ou se este não for bem sucedido, a estética do sorriso poderá ficar comprometida.
  • Cigarro: fumar traz consequências para a saúde do corpo e bucal. Além de estar relacionado a doenças sistêmicas, o cigarro também afeta a aparência dos dentes. Isso ocorre porque a nicotina acumula-se sobre o esmalte, o que gradativamente vai atribuindo uma pigmentação mais amarelada que dificilmente é eliminada apenas com a escovação.
  • Hábitos alimentares: a ingestão de bebidas e comidas com corantes, sejam eles naturais ou artificiais, associada à má higienização bucal também torna os dentes mais escuros.

O clareamento dental e a ingestão de alimentos com corantes

Durante décadas, a recomendação de dentistas para pacientes que passam pelo processo de clareamento dental era a necessidade de evitar bebidas e comidas com corantes durante o tratamento. Contudo, estudos apresentaram que essa recomendação não é tão relevante, e que evitar bebidas ou alimentos corados durante o tratamento não irá interferir no resultado do clareamento (LOGUÉRCIO et. al. (2013)*).

Portanto, os pacientes podem consumir seus alimentos preferidos tranquilamente enquanto realizam o tratamento com os produtos da linha Whiteness , basta ter o cuidado de fazer a higienização bucal logo após a ingestão. Dessa forma, fica muito mais conveniente realizar o tão sonhado clareamento dental mesmo durante o inverno, época em que as pessoas aumentam o consumo de líquidos muito pigmentados, como café, vinho, chás e outras bebidas que ajudam a aquecer o corpo para combater o frio.

Fonte: FGM

Produtos mostrados:
O clareamento dental evoluiu: hoje ninguém precisa abrir mão do seu cafezinho durante o tratamento

Clareador Whiteness Perfect

FGM

Artigos Relacionados

Clareamento dental em dentes vitais

Clareamento dental em dentes vitais

Conteúdo Especial
A busca pela estética tem sido cada vez mais requisitada no dia a dia clínico do cirurgião dentista. As possibilidades de tratamentos estéticos têm aumentado e o clareamento dental é uma alternativa de melhora estética de forma rápida e segura.
Vamos falar sobre clareamento

Vamos falar sobre clareamento

Conteúdo Especial
Muitos são os mitos sobre o procedimento (enfraquecimento do dente, sensibilidade excessiva, trincas etc.), mas ele é um dos mais estudado em Odontologia e tem feito a cabeça dos dentistas e pacientes desde a década de 1980, com o boom da brancura dental de Hollywood.