Não invista em marketing sem ler este artigo

Marketing

Você já deve ter escutado muitas vezes o conselho: “Invista em marketing“. Porém, Investir mais não quer dizer, necessariamente, que você terá mais pacientes. Muitas vezes, só quer dizer que você está gastando mais mesmo. 

 

Isso pode ter passado despercebido até agora, mas você já percebeu como é fácil ser cliente hoje em dia? Uma pesquisa rápida e, poucos segundos depois, temos milhares de soluções e respostas para o problema. O desafio fica para os prestadores de serviço. 

Nós dentistas, por exemplo.

Um paciente pode encontrar o seu consultório no Google, nas redes sociais, recebendo indicação de amigos, em propagandas, sites específicos, cartilhas de planos de saúde e outras dezenas de possibilidades. 

O que é bom para o paciente pode se transformar em um baita desafio para você, afinal, como determinar quanto e em quais canais investir para atrair essas pessoas?

O que justificam os seus investimentos?

No início de novembro recebi um amigo de São Paulo na minha casa. 

Ele também é dentista e veio à Florianópolis para participar do RD Summit, um evento de marketing digital que acontece anualmente aqui na cidade. Como muitos colegas de profissão, o Raul vive buscando estratégias para conseguir mais pacientes. 

Fã de redes sociais, ele me contou que investia a maior parte do seu orçamento em campanhas para canais como Facebook e Instagram. Até aí tudo bem, mas quando perguntei quanto ele estava gastando para conseguir um paciente, a sua expressão mudou na hora. 

Justificar os investimentos se debruçando na velha história de um dia começa a dar resultado’ é um caminho perigoso e pode fazer você perder muito dinheiro.

O que quero dizer com isso é que a efetividade tem que definir a ação. Você não precisa gastar 20 mil reais nas redes sociais para atrair pacientes se pode direcionar esses recursos de forma inteligente. 

A solução? Uma pergunta.

Como o paciente chegou na clínica?

As únicas pessoas capazes de provar se os seus investimentos estão certos são as pessoas que já te escolheram entre tantas opções. Assim, nada mais inteligente que descobrir como eles chegaram até você.

Ao registrar como o paciente chegou na clínica você está de frente para uma bússola. Com essa informação em mãos, seu único trabalho será estender o tapete para novos pacientes.

O meu amigo, por exemplo, não fazia ideia de que quase metade dos pacientes que ele tinha vinham por indicação, o que ele descobriu depois de seguir o meu conselho de fazer a pergunta que está nesse subtítulo.

O Mark Zuckerberg pode não ter ficado muito feliz com isso, mas o meu amigo hoje consegue mais pacientes investindo muito menos do que antes. 

 

Eu e ele ainda criamos três estratégias para aumentar as indicações:

 

  • Criar uma apresentação cativante com as fotos de antes e depois e mandar para o paciente compartilhar;
  • Enviar uma caixa com guloseimas ou agrados para os pacientes depois de um procedimento cirúrgico, no aniversário ou até no dia da profissão deles;
  • Criar postagens que chamem atenção nas suas redes sociais utilizando plataformas como o Joinn, que disponibiliza templates prontos para dentistas;
  • Reconhecer os pacientes que mais indicam com prêmios. Isso vai fazer com que eles indiquem ainda mais.

 

Em uma conversa recente, ele me disse que o número de indicações triplicou e os pacientes ficam até mais satisfeitos ao descobrirem que um amigo foi atendido pelo mesmo dentista. 

 

Como ele usa o Simples Dental, consultamos um gráfico como o do exemplo abaixo:

 

Se você não usa o Simples, na imagem abaixo você vê como essa informação é preenchida no cadastro de um novo paciente. 

Como você pode ver, o sistema tem algumas opções disponíveis para sua secretária escolher quando for cadastrar ou atualizar o cadastro de um de seus pacientes. 

 

 

Landing pages também são uma ótima opção 

Landing page nada mais é do que uma página de cadastro usada para divulgar suas campanhas nas redes sociais e anúncios. 

 

Essas páginas vão garantir que você saiba de qual campanha aquele paciente veio, além de capturar todos os dados que você julga relevantes como nome, telefone, e-mail, etc. 

 

Esse é um exemplo de uma landing page que usamos aqui no Simples: 

 

Esses 3 sites permitem que você crie landing pages gratuitas:

 

  1. Wix;
  2. Instapage
  3. MailerLite

 

Existem muitas plataformas, então, compare os benefícios que cada uma oferece e, principalmente, se elas tem limite de campanhas ou de páginas que você pode criar.

Você também não precisa ser nenhum hacker para criar uma landing page dessas. Os softwares são bem intuitivos e, depois de criar a sua página, é só colocar o link nos seus anúncios. 

Inclusive, esse pode ser o tema de um dos meus próximos artigos: o passo-a-passo para criar uma landing page de alta conversão para dentistas.

O que fazer com esses resultados?

Se você já controla essas informações chegou a hora de colocar algumas ideias em produção.

Por coincidência, tive uma conversa sobre algo parecido com um outro amigo, o Leonardo, que foi diretor de expansão em uma pequena rede de clínicas odontológicas. 

Para conseguir bons resultados em campanhas de aquisição, segundo ele, o dentista deve usar o Facebook e o Instagram para anunciar duas ou três especialidades. Se quiser gerar ainda mais impacto, use uma foto do dentista no anúncio. Isso passa muito mais confiança. 

Essas campanhas, como falei anteriormente, podem direcionar para uma landing page de cadastro caso o paciente queira saber mais sobre o tratamento, ou tirar alguma dúvida. 

Recomendo que você foque em especialidades que deem mais rentabilidade, como implantodontia e harmonização facial, ou gerem recorrência como ortodontia. 

O Leonardo ainda comentou algo importante:

“Eu sempre gostei de testar as segmentações de público. Pode demorar um pouco até você achar a segmentação certa, no meu caso até um mês, mas o acertar a mão nesse ponto é certeza de um resultado muito bom.”

 

Não sei se você já investiu algo no Instagram ou no Facebook, mas você consegue segmentar o público das campanhas por idade, gosto e mais uma série de características. O mais recomendado é começar investindo um pouco por dia até achar um perfil que converta bem.

Tenho certeza de que seus pacientes aumentarão gradativamente se você seguir essas dicas. 

Para encerrar, se você quiser que eu escreva um artigo explicando como fazer isso no Facebook e no Instagram, ou se faz algo diferente do que está aqui em cima, fique à vontade para compartilhar comigo no espaço de comentários desta página. 

 

Um abraço e fique com Deus.

Não invista em marketing sem ler este artigo