O consultório de Odontopediatria precisa se conectar com a criança em todos os aspectos, criar um relacionamento proporcionando o bem estar da criança e até mesmo o envolvimento da família.

Isso precisa ser feito sempre com muito acolhimento, respeito e amor, para trazer a cada criança uma experiência única, deixando na memória da infância um ambiente afetivo e cheio de alegria.

Logo, para que todos esses sentimentos aconteçam, é necessário que o o ambiente seja sempre o mais criativo, humanizado e inovador. Neste texto vamos trazer 7 Dicas de como um consultório de Odontopediatria precisa ser para que a criança se sinta confortável e segura.

 

A marca se conecta com o consultório

Primeiramente, precisamos ter em mente que para criar esse espaço o ideal é você também tenha uma marca. Isso mesmo! a identidade visual do seu consultório. Como é seu logotipo? O que você primeiramente comunica como profissional? Tudo precisa ser levado em conta, desde a sua forma de vestir na hora do atendimento e as cores que você utiliza para se comunicar.

A comunicação visual é essencial e precisa estar alinhada com a psicologia do espaço, como as cores, textura, iluminação, design do mobiliário, tudo orá influenciar no ambiente.

Abaixo está representado alguns espaços da clínica da Dra. Ariely Caramori, o quanto claramente pode ser analisado, o conceito da marca, a personalidade, a conexão dos mascotes que criam sua logo, o quanto é dinâmico e lúdico, tudo se conecta e faz sentido, criando o relacionamento entre o profissional, a criança e a família.

 

Consultório de Odontopediatria da Dra. Ariely Caramori

 

7 dicas de como criar um consultório de Odontopediatria

 

1 – SALA DE ESPERA

Devemos sim pensar em paredes coloridas, mas é importante ter cautela. Sempre pesquise, busque saber como a cor pode influenciar indiretamente no comportamento da criança. Transforme esse local com uma arquitetura de interiores de relevância e bem aconchegante. Pois é nesse ambiente onde acontece o primeiro contato com o paciente.

 

2 – ESPAÇO DE ATIVIDADES

A ideia do cantinho das atividades, como mesa, espaço de leitura e brinquedos pedagógicos são essenciais em um consultório de Odontopediatria. Como estamos falando de espaços voltados para as crianças, precisamos trazer a escala adequada para eles sentirem que o espaço é para eles. Lembre-se que tudo deve estar ao alcance das crianças, por exemplo, as prateleiras devem estar mais baixas para facilitar na hora de pegar os objetos.

Uma dica é, se você tem dificuldade de imaginar como uma criança pode se sentir, é simples, apenas se abaixe, sente ao chão, que você vai sentir a real noção de ser criança e até onde ela pode alcançar. Crie esse espaço para as crianças se divertirem enquanto esperam a consulta. Deixe sempre à disposição canetinha, giz de cera, lápis de cor, papéis e desenhos para colorir.

 

3 – MOBILIÁRIO E ORGANIZAÇÃO

Atenção no momento de projetar ou escolher os móveis do consultório, é preciso de muito cuidado com o acabamento para evitar acidentes com os móveis. Logo, confira se as cadeiras e sofás não tem pontas, adquira móveis que sejam fáceis de limpar, analise as prateleiras do consultório e veja se está ao alcance das crianças.

Busque manter o espaço organizado, com prateleiras ou nichos para guardar brinquedos, jogos, carrinhos, livros, etc. Cada espaço deve ser bem setorizado, podendo também utilizar caixas organizadoras para facilitar essa organização visual.

Consultório odontopediatria

4 – CORES, TEXTURA E MATERIAIS

Escolher as cores a serem utilizadas é um ponto bem importante, elas devem sempre estar em harmonia, conectadas com a marca, mas lembre-se que também devem transmitir tranquilidade. Por isso, evite cores quentes em grande proporção, como amarelo, vermelho ou laranja, pois elas podem causar irritação e agitação.

Outro ponto é utilizar diversos materiais e acabamentos para criar uma decoração interessante para os pequenos. Um toque de amadeirado sempre vai trazer o aconchego necessário.

Teto, parede e chão devem ser bem explorados, pode-se utilizar pinturas ou adesivos com formas e cores para ambientar o espaço. Tapetes também deixam o ambiente mais aconchegante e garantem um conforto a mais, principalmente porque a maioria dos consultórios tem o chão revestido de porcelanato, e afinal, que criança não adora sentar-se no chão para brincar ou ler um livro?

Decorar o consultório odontológico com quadros pode dar um descanso visual aos pacientes, pois funciona como uma distração. Além disso, eles tornam o ambiente mais alegre, tirando a seriedade e transmitindo melhor a personalidade do consultório.

5 – ILUMINAÇÃO

A iluminação direta e branca é associada a ambientes hospitalares, mas a recepção da clínica não precisa estar inserida neste contexto. Por isso, opte por luzes de LED na cor quente ou neutra, e se possível crie um projeto de iluminação indireta no forro, ou até mesmo no mobiliário através de prateleiras ou nichos, pois esse tipo de iluminação transmite uma sensação de conforto, cuide com o tipo de luminária para não acontecer o ofuscamento dos olhos.

Para completar o projeto, use pendentes, luminárias de piso ou em mesas laterais com design diferenciado, para deixar o ambiente mais criativo e com uma atmosfera acolhedora e elegante.

6 – FRALDÁRIO

É interessante também reservar um espaço que esteja preparado para a troca de fralda dos bebês, como um “banheiro família”. Pense no uso voltado a criança, um apoio de degrau para ela conseguir chegar ao nível da cuba, acessibilidade, tudo muito bem planejado e adaptado para atender todas as faixas etárias.

 

Banner Odontopediatria em até 12X sem juros

 

7 – AROMA

O aroma do consultório conecta e cria uma memória afetiva de grande importância, essa uma dica que não é visível, porém uma das mais importantes, porque você trabalha com o psicológico, com o emocional e com as sensações do paciente. Esse é um detalhe minucioso e que deve ser pensando com muito carinho, pode servir como aromaterapia dedicando um aroma a cada paciente, assim como você pode conectar seu espaço, seu cheirinho (marca) no ambiente, a fim de não trazer o “sentimento de médico-hospital-vacina” á tona na mente dos pequenos.

Sem dúvidas, todo esse carinho com a organização do consultório, com a sala de espera, espaço de atividades, mobiliários, cores, textura, materiais, iluminação, aromas, são a soma de fatores que completam e criam a sua marca no espaço odontopediátrico, demonstra assim que foi organizado e planejado para ser o atendimento mais especial possível para cada criança. Pois eu acredito que espaços conectam e criam experiências!

 

Caroline Domingos Mezzalira

Dra. Ariely Caramori

 

 

 

Artigos Relacionados