Parece óbvio, mas dúvidas sobre higiene bucal são muito comuns no dia a dia do consultório, e este é um dos esclarecimentos mais importantes para passar ao paciente. O hábito da correta higienização deve estar presente desde o início, ao final do tratamento ortodôntico, afinal, este é um dos fatores fundamentais para o sucesso e finalização do mesmo.

Costumo, na primeira consulta de colagem do aparelho ortodôntico, separar 30 minutos a mais para demonstrar todas as etapas sobre uma correta higienização bucal, além de falar sobre os cuidados com a dieta, conscientizando-os sobre suas responsabilidades e seu papel sobre a grande contribuição para sucesso do seu tratamento.

Recomendo que haja um kit de higiene de amostra com um macro modelo, no consultório, para assim demonstrarmos todas as etapas. Peça para o paciente simular as orientações também, facilita bastante a fixação das informações.

Passo a passo

Bochecho com água: Antes de qualquer coisa, recomendar o paciente a a fazer um bochecho com água para eliminar resíduos de alimentos.

Escova Dental: Sugiro sempre que seja macia, de cabeça pequena e cerdas retas e não irregulares. Para os pacientes com aparelho fixo, pode ser indicado também as ortodônticas (cerdas recortadas em “V” ou em “U). Recomendo tampas protetoras para conservar e proteger as cerdas, além de evitar contaminações. Escovas com cabos lisos ao invés das emborrachadas acumulam menos sujeira e evitam a proliferação de bactérias.

Quanto à técnica de escovação, normalmente ensino a de Bass Modificada, entretanto, para pacientes ortodônticos, na face vestibular ou palatina quando possuem acessórios, oriento a higienização em três angulações distintas. Movimentos de vai e vem a cada três dentes: acima dos braquetes (região cervical), a frente dos mesmos e abaixo (região incisal). Não esquecer de dar especial atenção nestas regiões que possuem aparatos ortodônticos. Movimentos suaves e repetidos são importantes.

Escovas Interdentais: Existem inúmeras marcas, as uni e bitufo, cônica e cilíndrica. Para pacientes que utilizam aparelho ortodôntico fixo, recomendo que elas sejam finas e cilíndricas. A sua aplicação é entre os braquetes e recomendo utilizá-la angulada: de incisal/oclusal de uma proximal para cervical da outra proximal (em “X”).

Fio dental: Para pacientes ortodônticos, os acessórios acabam dificultando a inserção do fio dental na região interproximal, então lançamos mão de um passador de fio, ele funciona como um condutor do fio dental.

A aplicação do fio dental, após ultrapassado os aparatos ortodônticos, não se difere do modo dos pacientes sem aparelho ortodôntico.

Primeiro se realiza a inserção na região interproximal, até o sulco gengival e abraçando as faces vestibular e palatina, faz-se movimentos de vai e vem do sentido cervical a incisal/oclusal de forma suave. Esse movimento repete-se em cada face proximal.

Atualmente encontramos no Brasil também um equipamento que faz a higiene interproximal com grande eficiência. Chamados de irrigadores orais, possuem ponteiras específicas para usuários de aparelho ortodôntico e são excelentes para aplicação em aparelhos palatinos como o Haas e o Hyrax.

Higiene da língua: ela também deve fazer parte, principalmente para prevenir a halitose. Para isso, existem os higienizadores linguais plásticos, do tipo CTC, que removem a saburra lingual sem machucar a língua e sem provocar ânsia e náuseas. A escova foi desenvolvida para escovar os dentes e não a língua.

Pasta Dental: recomendo prescrever a pasta de forma individual, de acordo com o aspecto de esmalte, histórico odontológico e hábitos, utilizando sempre em pequena quantidade.

Enxaguante Bucal: Os que contenham flúor são os eleitos. Agentes químicos possuem grande influencia na higiene, porém é fundamental frisas que só ocorre se houver uma correta remoção mecânica prévia da placa bacteriana.

A Dental Speed Graph possui kits de saúde bucal prontos para ortodontia (escova ortodôntica, pasta, fio dental e enxaguante bucal) e também adulto e infantil. Costumo presentear meus pacientes com esses kits. Entretanto se faz necessário prescrever os outros itens específicos, para buscarem em farmácias ou perfumarias.

Além de salientar e conscientizar o nosso paciente sobre a importância da higiene, é importante fazer um controle periodontal esporádico, durante o tratamento ortodôntico. 

 

 

Dra.Thalita Varela Galassi, Ortodontista, Mestranda em Ciências da Reabilitação, Professora de Ortodontia e Digital Influencer em Mídias Sociais em Odontologia. 

 

 

 

 

 

 

Artigos Relacionados

Imposto de renda para Dentista

Imposto de renda para Dentista

Conteúdo Especial
Todo começo do ano somos assombrados pelo leão e a correria contra o relógio para declarar o imposto de renda toma conta de algumas horas do nosso dia a dia.
Fique tranquilo que iremos esclarecer algumas duvidas aqui para você: