Ser dentista, não é uma tarefa fácil. Ser dentista vai além de cuidar da saúde bucal, é saber que todos os dias vamos fazer mais e mais pessoas sorrirem.

E ser dentista empresária? É ir mais além ainda, é cuidar da saúde bucal e dos novos sorrisos, é saber administrar, gerenciar e investir. É saber que não vai simplesmente chegar à clínica e atender o paciente que está na recepção, é saber que antes do atendimento, terás que ver se os equipamentos estão funcionando, se as contas estão pagas, se a clínica está organizada, se as funcionárias já chegaram e se precisam de algo, criar campanhas para fidelizar seus pacientes.

Enfim, são tantas funções, que só descobrimos depois de nos tornar dentistas e empresárias.

Vamos dar 10 dicas para vocês que tem vontade de ter a sua própria clínica, porém falta “aquele empurrãozinho”.

1. Procure as pessoas certas. Para que dê tudo certo no seu planejamento, pense se terás sócios ou se serás sozinho. Além disso, procure um bom advogado e um excelente contador! Eles poderão aconselhar e tirar todas as dúvidas.

2. Se tiver sócios, defina as regras antes. Coloque em um papel todos os sonhos e metas que vocês pretendem qual o principal objetivo, e quais investimentos gostariam de realizar ao longo dos anos.

3. Procure um lugar certo. Se pretende atender em uma clínica popular, é importante abrir a sua clínica em um local de fácil acesso ao transporte público, como estações de ônibus e metrô. Se for um público com poder aquisitivo maior, escolha um bairro nobre e não se esqueça de pensar no estacionamento dentro da clínica ou próximo.

4. Faça um planejamento sobre todos os equipamentos que terá que investir. (cadeira odontológica, autoclave, seladora, bomba a vácuo, raio x). Uma dica: Faça um orçamento nas dentais online! A Dental Speed parcela em várias vezes, e garante o melhor negócio! Viabilize o valor que você tem para o investimento e faça o planejamento dos seus gastos.

5. Defina um pro labore. Um salário fixo é essencial para que consiga fazer sua empresa crescer!

6. Mãos à obra! Depois de definir o planejamento, hora de colocar em prática!  Trabalhe com muito amor, dedicação e carinho com os seus pacientes. Invista não apenas no espaço físico, mas nos seus conhecimentos!

7. Trabalhe com metas! Defina as suas metas, e as metas dos seus funcionários! Uma dica: trabalhe com bonificação com os seus funcionários.

8. Organização e limpeza. Tenha a organização como uma de suas metas! Uma clínica organizada é vista com outros olhos pelos pacientes. Organize os documentos em pastas com etiquetas, os materiais esterilizados em armários etiquetados, mantenha um estoque dos materiais.

9. Procure cursos de administração e gerenciamento. Alguns são até gratuitos! (como no SEBRAE, por exemplo). Nestes cursos, aprenderão sobre fluxo de caixa, gestão, marketing, e podem fazer consultorias para os profissionais qualificados ajudarem.

10.  Tenha sempre em mente uma estratégia de marketing para a divulgação da sua empresa. Seja por mídias sociais, televisão, revistas ou rádio.

Mariana Dabus
Formação: cirugiã dentista, USC ( universidade do sagrado coração 2013)
Especialista em prótese dentária ( HRAC- USP) 2016
Roberta Peroto Abiati
Formação: cirugiã dentista, USC ( universidade do sagrado coração 2013)
Especialista em prótese dentária ( HRAC- USP) 2016

Produtos mostrados:
Mulheres que Inspiram: confira algumas dicas para quem quer ter sua própria clínica.

Espátula Goldstein Flexi-Thin

HU-FRIEDY
Mulheres que Inspiram: confira algumas dicas para quem quer ter sua própria clínica.

Espátula Update

HU-FRIEDY

Artigos Relacionados

Simples Dental – As vantagens de usar uma agenda online

Simples Dental – As vantagens de usar uma agenda online

Conteúdo Especial
Organizar o tempo é fundamental para darmos conta de todos os compromissos e, principalmente, não perdermos as oportunidades de captação de novos clientes. Por isso, vamos falar sobre o Simples Dental, um software pensado para ser prático, eficaz, intuitivo, leve e simples, como o próprio nome diz.