Dia do Voluntário

Dentista de Sucesso

Fiquei muito feliz com o convite da Dental Speed para falar sobre voluntariado, pois grande parte da minha vida, atualmente, dedico a um projeto pelo qual sou apaixonada e que conta hoje com mais de 70 parceiros, dentre eles a Dental Speed Graph e mais de 300 voluntários.

Completei 29 anos de formada no último dia 11. Me graduei pela Universidade de São Paulo (USP) e desde o tempo de faculdade já pensava em fazer algum trabalho voluntário na minha área. Desde muito nova minha mãe e meu avô me deram exemplos de solidariedade. Minha mãe sempre foi de ajudar as pessoas próximas e menos favorecidas.

Sou filha de militar e uma das histórias mais marcantes que aconteceu na minha vida, foi durante a adolescência, quando nós morávamos em Resende, em uma Vila Militar. Um belo dia bateram à nossa porta duas meninas, uma de 13 anos e outra de 15 anos. Estavam maltrapilhas e desnutridas. O pai era alcoólatra e a mãe havia sumido no mundo. Minha mãe, com pena da situação em que elas se encontravam, acolheu as duas meninas em nossa casa, mesmo tendo 4 crianças para cuidar. A mais nova, que se chamava Lenir, tinha problemas mentais e acabou sendo internada e não pode ficar conosco, porém, a mais velha, a Fafá, está na família até hoje e mora com a minha irmã Luciane. Consideramos a Fafá, a nossa irmã de criação. Para mim esse foi o gesto mais bonito que já vivenciei na minha vida.

Outro exemplo de generosidade que tive, foi o meu avô, Dr. Jorge Monassa, que era dentista e atendia todos, sem distinção. Quem tinha dinheiro pagava e quem não tinha, ele atendia da mesma forma, sempre colocando todos muito à vontade com suas brincadeiras e seu bom humor.

Hoje estou a frente de um projeto chamado Caravana dos Voluntários do Sorriso, junto com o meu marido Virginio Vieira, trata-se de uma ação cívico social que não tem vinculo político partidário e não aceita doação em dinheiro. Oferecemos serviços odontológicos gratuitos a comunidades carentes. Neste mês realizamos a 5a  edição desse projeto que iniciou nos dias 12 e 13/08  com a triagem, palestras educativas e inicio da confecção das próteses, que foram doadas,  e terminou nos dias 19 e 20/08 com os atendimentos (cirurgias, restaurações em resina e TRA para as crianças ).

Trabalho voluntário sempre fez parte da minha vida. Descobri a felicidade plena, genuína, sendo voluntária e se Deus me der saúde, irei fazer isso pelo resto da minha vida. Aprendi que quando você faz o bem, o bem maior é para você mesmo. Trabalho voluntário faz bem para a alma e para o coração. Hoje me sinto totalmente realizada e feliz com a Caravana dos Voluntários do Sorriso. Um projeto que começou com um sonho, que se tornou realidade e já ajudou milhares de pessoas ao longo desses 5 anos. Amo ser Voluntária do Sorriso.