Não é de hoje que os Dentistas precisam se desdobrar para tornar uma consulta de Odontopediatria mais tranquila e sem tabus.

As formas para garantir que a criança se sinta segura em uma consulta são muitas e se renovam a cada ano com a mudança da rotina das crianças, tecnologia e comportamento social.O medo nas crianças é frequente e em alguns casos pode se estender até a vida adulta, para evitar que isso ocorra é preciso compreender o que pode estar desenvolvendo essa fobia, que chamamos de odontofobia.

 Separamos algumas dicas para você tirar de letra essa experiência dos baixinhos e conquistar um paciente que deixará a saúde bucal em suas mãos. 

Converse com o responsável:

Conversar com os pais ou responsáveis sobre o que está sendo falado em casa sobre a ida ao Dentista é essencial para atender a expectativa que a criança tem desse momento. Isso vai mudar sua preparação sobre o que falar e como agir.

 

Prepare o ambiente:

Um ambiente claro e alegre é muito mais receptivo, lembre-se que geralmente, os ambientes em que a criança é recebida como seu quarto e a sala de aula da creche, possuem cores vibrantes, personagens e itens infantis. Sendo assim, um consultório com essas características fará a criança se sentir em casa.

 

Mini Jalecos:

Os mini Jalecos são uma GRACINHA, as crianças se apaixonam e você se coloca em posição de igualdade com o paciente. Esse pequeno passo dá ao paciente a sensação de fazer mais parte disso, se colocando em um papel importante da consulta.

 

Invista em itens idealizados para tratar esse problema:

Existem diversos produtos que foram pensados e desenvolvidos após pesquisas de comportamento, que facilitam esse primeiro ( talvez segundo ou terceiro) encontro! Tatuagens temáticas, balões, medalhas, quebra-cabeças, etc. Em nosso site você encontra uma página especial com atividades criativas para te ajudar 

 

Faça uma pré-consulta:

Na chegada do paciente ao consultório,  separe 5 ou 10 minutos para se apresentar, brincar com as atividades descritas acima, até que ele sinta confiança no seu trabalho para sentar na cadeira e começar de fato a consulta.

 

Bom, com essas dicas com certeza a adaptação dos pacientinhos será mais divertida e sua rotina mais fácil. Se você já passou por isso, deixe nos comentários sugestões ou outras dicas para os profissionais que estão se preparando.

Produtos mostrados:
Odontopediatria: Adaptando o consultório para receber os baixinhos

Jaleco Infantil Bailarina

Fun Work
Odontopediatria: Adaptando o consultório para receber os baixinhos

Jaleco Infantil Bichinhos

Fun Work
Odontopediatria: Adaptando o consultório para receber os baixinhos

Jaleco Infantil Lord - Azul Marinho

Fun Work
Odontopediatria: Adaptando o consultório para receber os baixinhos

Jaleco Infantil Lord - Branco

Jaleco Infantil Lord - Branco

Artigos Relacionados

Por que investir em experiências impactantes para o paciente?

Por que investir em experiências impactantes para o paciente?

Conteúdo Especial
Além de ser dentista, você também é um consumidor em potencial e é constantemente escolhido para fazer parte de estratégias no marketing de relacionamento de alguma empresa que fornece um serviço que você precisa. A pergunta é: se você é procurado para viver essas experiências por que ainda não faz o mesmo com seus pacientes?
Mini-Implantes no palato. O que você precisa saber?

Mini-Implantes no palato. O que você precisa saber?

Conteúdo Especial
A região do palato é um dos locais mais favoráveis para a instalação de mini-implantes. Fatores como fácil acessibilidade, cobertura total de gengiva queratinizada e boa qualidade óssea em sítios específicos contribuem para a redução do risco de inflamação e aumento da estabilidade primária